terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Cidade Dormitório - RUÍNA ou O começo me distrai (2022)...





O duo experimental e psicodélico Cidade Dormitório, de São Cristóvão (SE), lança hoje seu mais novo disco, RUÍNA ou O começo me distrai. Este é o segundo álbum de estúdio da carreira da dupla formada por Yves Deluc (guitarra e voz) e Fábio Aricawa (bateria e voz) e o primeiro a ser lançado via o selo Before Sunrise Records. RUÍNA... apresenta dez faixas autorais que exprimem uma post rock melancólico e suavemente lo-fi, reforçando uma estética mais complexa no que diz respeito a arranjos, mas orgânica na espontaneidade de suas melodias, o que causa um atravessamento singular em seus ouvintes, sobretudo na primeira audição do disco. Justamente por isso recomenda-se mais de uma escuta do novo disco, para que em cada uma delas ainda mais brisas sejam absorvidas por quem consumir aquele play de modo atento e completo. (Mas vale também como trilha de viagem ou de uma boa faxina em casa, já que o objetivo da Cidade Dormitório é, simplesmente… te fazer sentir)...

Tags:  , , , , , , ,          

Kikito - Uma Alma EP (2022)...




 Mais livre e confiante para criar, Kikito embarca em uma nova fase de sua carreira! O multiartista paraense acaba de lançar seu novo EP, no qual assume as composições, gravações de todos os instrumentos — exceto bateria, que ficou a cargo de Bruno Azevedo (Joana Marte) —, produção e artes. Intitulado Uma Alma, o registro chega para embalar os últimos dias do ano. Uma Alma é sintetizado por Kikito como um “sentir tudo ao mesmo tempo agora“. O trabalho conta com 3 faixas com climas e nuances divergentes mas que se integram no tempo-espaço da atualidade. É leveza, tensão, alegria, preocupação, certezas e indagações... Continue Lendo no TMDQA

Tags:  , , , ,          

segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Rap na Medida - Rap na Medida (2022)...




Rap na Medida é um projeto realizado pelos músicos e educadores Renan Inquérito e Pop Black voltado a adolescentes que cumprem medida socioeducativa em unidades do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social). O trabalho com o público jovem inclui uma imersão na cultura do Hip Hop e na literatura, ressaltando o poder da palavra falada, cantada e declamada. Dando nova dimensão à ideia de cumprimento de medidas, os adolescentes têm a oportunidade de se colocarem no papel de criadores e produtores, escrevendo versos e letras baseadas em suas próprias vivências. Todo esse conteúdo foi transformado em música e depois em vídeo, colocando-os como protagonistas de todo o processo. O projeto Rap na Medida foi realizado durante os anos de 2021 e 2022 no CREAS II. do município de Foz do Iguaçu (PR), e resultou na produção de oito músicas, que foram gravadas em um estúdio improvisado e agora se tornam o álbum Rap na Medida, lançado em todas as plataformas de streaming e em videoclipes disponíveis no YouTube. O projeto também rendeu o minidocumentário “Poesia da Medida”, que traz depoimentos e bastidores dos encontros. O processo do Rap na Medida, além das vivências, músicas e videoclipes, também gerou o livro Poesia na Medida, produzido pelos adolescentes...

 

Tags:  , ,          

Mundhumano - Os Deuses Que Dançam (2022)...




 A banda Mundhumano exalta o povo preto, a sabedoria popular e do sagrado no álbum Os Deuses Que Dançam, misturando gêneros tradicionais da música preta mundial. A fim de levar essa visibilidade para além das datas símbolo da consciência negra (13 de maio e 20 de novembro), o grupo abraça essa proposta marcando o lançamento de seu primeiro disco de estúdio. O grupo, que nasceu em 2013, vinha desde 2020 disponibilizando pílulas do projeto através de singles como “Guerreiras Urbanas”, “Senhor do Tempo” e “Pedra Fundamental”. Produzido por Paulo Monarco, o trabalho tem 10 faixas que protagonizam as sonoridades da capoeira, do samba de roda e de terreiro, da congada, do sagrado, do rap e do hip-hop... Continue Lendo na Revista O Grito!

Tags:  , , , , , , ,          

domingo, 4 de dezembro de 2022

Hayz - Verdades Privadas (2022)...


Bandcamp/ Youtube

Download: Verdades Privadas (2022).zip (Se der erro. vá no bandcamp acima)

 O novo EP do trio de punk rock paulistano HAYZ já pode ser ouvido nas principais plataformas digitais. “Verdades Privadas” é o título de seu segundo trabalho, lançado em parceria com o selo Flecha Discos, com produção, mixagem e masterização de Gabriel Zander. “Verdades Privadas” conta com três faixas, e tem influência de bandas punk e emocore dos anos 90 e 00. “Evasão” aborda a discriminação sofrida por pessoas LGBTQIA+ ao longo da vida escolar. “Não Sou Eu Uma Mulher?” é inspirada na obra da feminista negra Bell Hooks e conta com participação especial de Natália Matos, da banda Punho de Mahin, nos vocais. A terceira faixa, “A Soma de Todos Os Medos”, foi lançada como single e ganhou videoclipe em 2020...

Tags:         

sábado, 3 de dezembro de 2022

Tiago Malta - Quantas Vidas você Ceifou Hoje Com Seus Hábitos Consumistas? (2022)...




 Este é o Décimo Quarto álbum do artista carioca, assinando como Tiago Malta, neste trabalho estão incluídos 3 gravações ao vivo , 3 faixas que já haviam sido incluídas em coletâneas passadas e mais uma faixa totalmente inédita...

Tags:  , , , , , ,          

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

DINGO - A Vida é Uma Granada (2022)...




Não é de hoje que DINGO, antes conhecida como Dingo Bells, mostra seu primor com a discografia. Novo álbum da banda, lançado em 8 de novembro pelo Selo Rockambole, A Vida é uma Granada evidencia esse cuidado e anseio em apresentar canções que conseguem despertar diversas sensações nos ouvintes a partir das melodias majestosas e líricas poéticas. Formado por Rodrigo Fischmann (voz e bateria), Felipe Kautz (voz e baixo), Fabricio Gambogi (voz e guitarra) e Diogo Brochmann (voz e guitarra), o grupo tem o costume de brincar com diferentes estilos e sonoridades para as suas obras artísticas serem originais e particulares. E, para repetir essa fórmula no novo disco, contaram com produção de Hélio Flanders (Vanguart) e Gilberto Ribeiro Jr... Continue Lendo no Música Pavê

Tags:  , , , , , , ,          

delanegra - FESTA DE PESCADOR É A TRISTEZA DO PEIXE (2022)...




A trajetória musical de delanegra tem mais de 15 anos. Porém, depois de fazer parte de diversas bandas e produzir trilhas para o cinema, o músico, compositor e produtor decidiu começar sua própria viagem. O ponto de partida é o EP “FESTA DE PESCADOR É A TRISTEZA DO PEIXE”. A inspiração para criá-lo surgiu durante o período de isolamento no pico da pandemia de COVID-19. Apesar do caos, a experiência se tornou combustível para ele impulsionar a sua arte. O estudo que fez sobre as mais diversas musicalidades, da diaspórica africana aos subgêneros do rock, também foi essencial para direcionar o caminho que devia seguir. Nesse experimento, delanegra conseguiu unir diferentes elementos de um eletrônico alternativo, mais denso. Essa textura, que vai da “rigidez” à leveza, reflete muito bem o momento sombrio, mas é amenizada por uma voz afetuosa e versos sensíveis que vislumbram a esperança, refletem sobre as boas lembranças – que por outro lado machucam por serem de um tempo que não voltará mais -, expõe também os medos, alegrias e as inseguranças da vida... Continue Lendo no RAPresentando

Tags:  , , ,          

quinta-feira, 1 de dezembro de 2022

LunaLibre - Amasso (2022)...




LunaLibre, banda brasileira de rock brega psicodélico, lança seu terceiro EP “Amasso”. Desta vez, artistas exploram um lado mais romântico, flertando, também, com temas políticos e existenciais. O grupo estreou no final de 2020, durante a pandemia, e já conta com 3 EPs lançados, além de um single e 3 videoclipes. A LunaLibre mistura as letras sentimentalistas e cotidianas, como pede uma boa canção brega, com uma sonoridade típica do rock psicodélico: riffs, distorções, reverbs, delays, além das programações eletrônicas. A ideia é explorar a suposta contradição entre os estilos emo e tropical para buscar identificação com o público... Continue lendo no site da RBTV 

Tags:  , , , , ,          

Fernando Motta, Jonathan Tadeu, Vitor Brauer - Quebra Asa, Vol. 1 (2022)...




Três dos nomes mais interessantes (e barulhentos) da cena mineira estão juntos no colaborativo Quebra Asa (2022, Geração Perdida). Produto da parceria entre Fernando Motta, Jonathan Tadeu e Vitor Brauer (Lupe de Lupe), o trabalho encarado como uma “plataforma colaborativa” entre músicos da Geração Perdida de Minas Gerais concentra o que há de mais caótico no som incorporado por cada colaborador. “As únicas regras eram: seríamos uma banda de rock, as músicas teriam energia e tentaríamos fugir um pouco do que cada um faz na sua carreira solo“, resumiu Motta no texto de apresentação do registro. E isso fica bastante evidente logo nos minutos iniciais do álbum, em Peso Morto. Partindo de uma base contida, a faixa pouco a pouco se transforma em um turbilhão instrumental que contrasta pela letra marcada pela sensibilidade dos temas. “Não faz do seu ouro um peso morto / Não vá se esconder embaixo desse véu / Somos o oceano“, canta Motta. É como um aquecimento para tudo aquilo que o trio busca desenvolver ao longo da obra, vide a crueza que atravessa o disco na canção seguinte, Lesei, com sua bateria furiosa e guitarras granuladas, sempre ruidosas, como se saídas de album trabalho do Mudhoney... Continue Lendo no Música Instantânea

Tags:  , , , , , , , ,          

quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Hominis Canidae #150 - Novembro (2022)...



Playlist de Destaques do Mês: Spotify | Deezer | Tidal

Download: Hominis Canidae #150 - Novembro (2022).zip (Ou vá no bandcamp acima)

Fechamos o mês de novembro com a nossa coleta de número 150. Se me perguntassem há 12 anos atrás quantas mixtapes eu esperava lançar, acho que no máximo diria umas 100, já estamos na metade do caminho para o dobro. Esta coletânea tem 17 faixas, apenas com sons de álbuns lançados ao longo deste mês que chega ao fim no blog. Isso mesmo, sem inéditas, mesmo tendo opções, só não casou de jeito nenhum com os outros sons. Além disso, atualizamos nossas playlists de "Destaques do Mês" com 30 sons de novembro, entre posts do blog e singles que chegaram aos nossos ouvidos em 3 opções de plays (links acima).

A capa desse mês é mais uma parceria com o Nuvem Ateliê, espaço de tatoo e artes de São Paulo. O trabalho é mais uma capa feita pelo artista paulista Fábio Gava. Ele explicou a ideia, saca ai: "Essa arte vem de um rascunho de caneta bic, simples e direto. Sempre revisito meus cadernos e rascunhos e vou dando outras formas e finalizações para desenhos que às vezes estão "esquecidos". Nesse arte usei o preenchimento de texturas digitais para dar o contraste com os traços imperfeitos."

Agora o de sempre: Essa playlist não deve ser comercializada, apenas disseminada livremente na internet. É um resumo do mês no blog pra quem nos acompanha e mais uma forma de conhecer um pouco mais o que vem acontecendo na #musicabr. Anime seu passeio de bike, no busão e quem sabe até nos acampamentos que acontecem pelo Brasil, pelo menos a música é boa! Espalha com os amigos ai!

Continue apoiando os artistas que você gosta, comprando merch, indo aos shows com cautela e chutando fascistas pra longe!

Tags:  , , , , , , , , , ,          

terça-feira, 29 de novembro de 2022

Itamar Brant - Samba Trem (2022)...




O cantor, compositor e multi-instrumentista belo-horizontino Itamar Brant convidou uma turma de bambas, entre os quais o parceiro de longa data Toninho Horta, Thiago Delegado, Marcelo Costa, Chico Amaral e Maria Alcina, para dar contornos ao seu quarto disco, o recém-lançado “Samba Trem”, que traz a abrangente leitura do samba que caracteriza a carreira de mais de 30 anos do músico mineiro. O álbum chegou às plataformas digitais e ganhou também edição física. São 10 faixas, seis delas autorais. “Mais do que uma identidade nacional, o samba é a expressão máxima do Brasil como cultura e arte. Posso considerar o disco uma homenagem ao samba e à sua imensidão. Cabe tudo no samba, o rock, a bossa, o jazz, o xote”, comenta Brant... Continue Lendo no O Tempo

 

Tags:  , , , ,          

Davi Bandeira - INTENSO (2022)...




 Um álbum para ouvir a todo momento – seja deitado, no conforto de casa; no ônibus da janela ou do metrô em direção à faculdade ou no trabalho; ou numa viagem com os amigos, tendo as músicas como uma trilha sonora… Esse é “INTENSO“, o segundo álbum de Davi Bandeira, que já está disponível em todas plataformas digitais. Do pop dançante ao melancólico, passando por referências nordestinas e indo até o reggae, a mistura de sons marca uma nova fase na carreira do artista. Junto a ele, estão parceiros musicais que trabalharam com outros grandes nomes da música contemporânea brasileira. “INTENSO é muito sobre mim, mas ao mesmo tempo não é um álbum biográfico. É um álbum que foi feito em sua maioria no interior do Ceará, de onde as pessoas talvez não imaginassem ser possível sair um álbum de música pop“, conta Davi, ao citar que o álbum traz como uma visão de mundo que construiu nesses 30 anos de vida. “É engraçado, porque eu estava ouvindo ele completo e é muito nítido que é um álbum de alguém que cresceu ouvindo de Michael Jackson a Aviões do Forró. Eu sempre fui encantado pela música pop e o forró corre nas minhas veias por ser cearense, mas o desafio foi entender como é ser esse artista que possui referências tão distintas. Fiquei com medo de soar confuso, de não estar coeso, mas eu fui seguindo meu coração e estou muito orgulhoso desse projeto“, destaca... Continue Lendo no Acesso Cultural

Tags:  , , , ,          

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

MC Versa - Plano Perfeito (2022)...




Desde o começo da sua trajetória como artista solo, MC Versa vem cumprindo um ciclo de lançar um EP a cada dois anos, sempre dando um passo adiante — estreou com “Versos expostos” (2018) e seguiu com “A confusão das transformações inesperadas” (2020)”. “Plano perfeito”, que saiu na última quinta-feira (10), é o melhor trabalho da rapper, que acompanha as tendências do mercado e segue crescendo a cada novo lançamento. As quatro faixas desse material, que foram divulgadas uma a uma como singles, foram mixadas por Junior Antonini e transitam entre gêneros como o drill, o g funk e o trap, com instrumentais dos produtores Pedrotti e Safê de São Paulo, Lozza Beat de São José e PAKSPROD de Florianópolis. “Plano perfeito” tem narrativa de filme de ação, com letras que retratam a trajetória de artistas independentes para apresentar os seus trabalhos e conquistar o reconhecimento. A faixa que dá nome ao EP ganhou um clipe ambientado nesse clima, com produção da Pulso Audiovisual e direção de Renan Casarin e Vitor Graf: o vídeo foi liberado nesta segunda-feira (14) no canal da MC. Estrategista musical, Versa sabe muito bem dos processos que os trabalhadores dessa área, principalmente as mulheres, enfrentam no mercado. As quatro canções do repertório, “Plano perfeito”, “Descanso”, “Correndo” e “Sonhando alto” tratam dessa temática e já foram tocadas em grandes eventos como Alma Festival, Floripa Jazz, Maratona Cultural e Rap In Cena, um dos maiores festivais de rap do Sul do país... Continue Lendo no rifferama

Tags:  , , , ,          

PeladOS - Foi Mal (2022)...




 Mais recente criação do grupo paulistano Pelados, Foi Mal (2022, Matraca Records) é um desses discos que fazem um verdadeiro estrago na sua cabeça. Torto e imprevisível, como tudo aquilo que os parceiros Lauiz (programações e sintetizadores), Vicente Tassara (guitarra), Helena Cruz (baixo e vocal), Theo Ceccato (bateria) e Manu Julian (vocal) têm desenvolvido desde a segunda metade da década passada, o registro transita por entre estilos em uma delirante combinação de elementos. Canções que começam pequenas, crescem aos poucos e conduzem a experiência do ouvinte para lugares completamente inimagináveis. Embora caótico, sobrevive no repertório montado pela banda um curioso senso de aproximação entre as faixas. Concebido durante o período de isolamento social, o registro sustenta na construção dos versos um fino toque de melancolia. São composições que tratam da sensação de deslocamento, medos e angústias compartilhadas pelos próprios artistas, como um acumulo das experiências vividas durante a pandemia. “Mesmas pessoas / Mesmas conversas / Mesmas fofocas … E você enjoou de mim“, desaba a letra de mesmasmesmasmesmas, música que sintetiza parte da poesia entristecida que costura o trabalho... Continue Lendo no Música Instatânea

Tags:  , , , ,          

domingo, 27 de novembro de 2022

dane-se o homem. salve a império! - demonios exorcisavam​-​se (2022)...




Download: demonios exorcisavam​-​se (2022).zip (Ou bote mail no bandcamp acima)

dane-se o homem. salve a império! é o primeiro projeto lançado oficialmente de Davi de Oliveira (@f.amousprophet.s) musico lofi e indepedente de Jequié, na Bahia. todo o ep se deve a apoios constantes de amigos...

Tags:  , , , , ,          

sábado, 26 de novembro de 2022

BK', Gigantes, JXNV$ - ICARUS (2022)...




 O rapper carioca BK’ liberou nesta quinta-feira seu novo álbum de estúdio chamado ICARUS. Em uma perspectiva contemporânea e urbana, ele traça um paralelo do mito com a sociedade atual, numa jornada de 13 músicas em que aparecem as participações especiais de Major RD, L7NNON, Julia Mestre, Bebé, Luccas Carlos e Marina Sena. O projeto foi lançado de forma grandiosa e inovadora: o artista carioca Nikolas Demurtas criou uma obra de arte de 2m x 2m — pintada a óleo — reinterpretando a tela de “O Voo de Ícaro”, pintada por Jacob Peter Gowy (1636 – 1638). A obra, que estará em exposição no Museu de Arte do Rio (MAR), de 17 a 19 de novembro, é também uma ativação de realidade aumentada, na qual basta mirar um aparelho celular para mergulhar nos detalhes e nas faixas do álbum. ICARUS ganha ainda visualizers de todas as canções no canal de YouTube de BK’... Continue Lendo no Portal RapMais

Tags:  , , ,          

sexta-feira, 25 de novembro de 2022

Duda Raupp - De Dentro Pra Fora (2022)...




Duda Raupp é o pseudônimo de Eduardo Raupp, Duda é beatmaker, produtor musical e multi-instrumentista de Porto Alegre (RS). Mas quem é o Eduardo? A resposta, após anos de busca, foi materializada em seis faixas no trabalho intimista, De Dentro Pra Fora. O lançamento conta com participações de pessoas próximas do artista, sua namorada, a enteada, amigos e também de artistas que são grandes influências para o produtor. Quando Duda entrou na terapia, sabia que teria dificuldade em conseguir se expressar, em descobrir como impor seus desejos, vontades e valores. Em suas sessões, visitou diversas vezes o passado, marcado pela separação dos pais, onde acabou se tornando um intermediador de conflitos. Ao mesmo tempo que encarava situações que o fizessem esconder seus sentimentos para evitar brigas, encontrava na música a sua melhor versão, além de uma forma de extravasar e demonstrar emoções... Continue Lendo no Jornale

Tags:  , , ,          

Bione - Ego (2022)...



Download: Ego (2022).rar

 MC Bione, multiartista pernambucana da Zona Oeste do Recife lança, aos 19 anos, seu álbum musical, intitulado “EGO”, o primeiro disco de sua carreira, que começou aos 14 anos. “Uma viagem pela autoestima necessária para a sobrevivência preta” é como a cantora, rapper, atriz, compositora e produtora cultural define sua mais nova produção. Pensado durante o contexto pandêmico da Covid-19, o álbum é composto por 10 músicas para além do interlúdio e tem produção artística do pernambucano DJ Big. “Ele desenhou esse álbum de uma maneira que eu jamais desenharia, é super experiente”, afirmou a cantora em agradecimento ao produtor durante a entrevista. O projeto autoral traz ritmos como Trap, Bregafunk, Dancehall. “EGO” possui, ainda, elementos da cultura popular de Pernambuco incorporados pela cantora em uma produção que conta também com o formato visual e retrata o potencial artístico de uma jovem artista negra da periferia do Recife... Continue Lendo na Folha de PE

Tags:  , , , , , ,          

quinta-feira, 24 de novembro de 2022

CORUJONES - Corujones (2022)...




Corujones é um quarteto de rock brasiliense formado por Tarso Jones, Marcelo Moura, Hélio Miranda e Carlos Beleza. As composições musicais denotam singularidade e são carregadas de temas existenciais, insights vertiginosos e uma ironia psicodélica diferenciada. A química entre os músicos é antiga e se destaca nessas duas faixas de pegada inventiva, com riffs e timbres na medida certa. Além de gravar ao vivo no estúdio, assinaram a produção, edição e mixagem do material. O grupo ainda compartilha de outros projetos da cena de Brasília, como as bandas Rios Voadores e Joe Silhueta...

Tags:  , , , ,          

The Outs - Onde Tudo Se Encontra (2022)...




 O ex-trio carioca The Outs, atualmente formado por Dennis Guedes e Vinícius Massolar, lança o terceiro álbum de estúdio, Onde Tudo Se Encontra, pelo selo independente Eu Te Amo Records. O experimento de novas técnicas sonoras, com a mistura dos estilos lo-fi, soul, hip hop, shoegaze, bossa nova e outros mais, é traço nítido do registro, sem deixar de lado a psicodelia assumida da banda. A concepção e a produção do disco foram feitas pelos próprios integrantes e líderes do projeto que passaram a morar juntos no final de 2020. Desse ano para cá, já disponibilizaram alguns singles do álbum nas plataformas digitais, como: a dançante e convidativa “Toda Essa Bad”, a balada ao estilo ‘mineira’ (com influência de Milton Nascimento e Lô Borges) “Pra Onde Você For” e a contemplativa “Nem Mesmo O Sol”... Continue lendo no Tecoapple

Tags:  , , , ,          

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Qinhones - Centelha (2022)...




 Quatro anos após o lançamento do último trabalho de estúdio, Qinho Canta Marina (2018), Qinhones está de volta com um novo registro de inéditas. Intitulado Centelha (2022), o álbum que chega pela LAB 344 concentra o que há de melhor na obra do cantor e compositor carioca. São canções que transitam em meio a temas sentimentais, inquietações e momentos de maior vulnerabilidade que se completam pelo refinamento dado aos arranjos, esmero que se reflete até os últimos segundos do material, em Atrito Final. Com produção assinada por Alberto Continentino, Centelha teve algumas de suas músicas reveladas pelo artista carioca nos últimos meses... Continue Lendo no Música Instantanea

Tags:  , , , ,          

primeiras vezes em sampa - Reinauguração do Teatro Lira (2022)...




No dia em que Soni Neusa entrou no Estúdio Carolina, espaço carioca onde grandes obras dos últimos anos foram concebidas (Sim Sim Sim, Bala Desejo e A Pegada Agora É Essa, de Antônio Neves, por exemplo), a compositore ainda não sabia que estava fazendo um álbum inspirado na grande Vanguarda Paulistana. Isso foi se revelando aos poucos. A artista carioca, desde antes de compor as oito músicas do seu álbum Reinauguração do Teatro Lira, já tinha ciência de uma outra coisa: o disco faria parte de um projeto chamado 'primeiras vezes em sampa' e buscaria captar um momento chave em sua vida e na história de muitos brasileiros: o momento onde, por alguma circunstância, decidiram se mudar para algum lugar novo e ainda desconhecido. E esse lugar, não necessariamente, seria São Paulo, a maior cidade da América do Sul...

Tags:  , , , , , ,          

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Magik Cube - Dance (2022)...



Download: Dance (2022).rar

A música do Magik Cube é fácil de dançar, mas difícil de esquecer. A origem do artista permanece misteriosa, pois um brinquedo gigante não fala. A simbologia apresentada pela personagem se mistura com o que move o artista a fazer música: a complexidade dos sentimentos humanos. Um quebra-cabeça de ordem e desordem. O dilema entre tarefas intelectuais tentando desvendar uma obra de arte que só pode ser sentida com o coração...

Tags:  , , , ,          

Smhir - Gold Sakura Lavanda (2022)...




 Primeiro álbum solo do produtor e beatmaker alagoano Smhir...

Tags:  , , , , , , ,          

segunda-feira, 21 de novembro de 2022

Pedro Indio Negro - Livrai-nos Do Mal (2022)...




 Em 2008, a cantora Glaucia Lima gravava o DVD Zanzar, no Teatro Santa Roza, em João Pessoa. Na lateral do palco, seu filho Pedro Indio Negro, na época um adolescente tímido, de apenas 13 anos de idade, acompanhava a irmã Manu Lima nos backing vocals. Aquela foi a primeira vez em que Pedro subia em um palco. Agora, 14 anos depois, o artista reúne suas principais referências e vivências e as apresenta ao público com o disco Livrai-nos do Mal, seu primeiro álbum solo. Lançado hoje nas plataformas digitais, ele é composto por oito faixas autorais, passeando por expressões musicais afro-nordestinas, inspirado em artistas como Cátia de França, Jaguaribe Carne, Gilberto Gil e Baiana System. “O disco começou a ser gravado um mês antes do início da pandemia, em paralelo a uma campanha de financiamento coletivo idealizada por Ana Moraes para financiar os custos do disco”, contou Pedro. “Com o início da pandemia, tanto a gravação teve que ser adiada quanto a campanha de financiamento, esticada. Apesar de ter sido horrível, isso também contribuiu para que eu maturasse melhor o que eu queria nesse disco, tirando e trocando algumas músicas, convidando Amorim pra ser o produtor/arranjador, e me deu tempo e confiança para eu mesmo fazer o arranjo de uma música e dar pitaco em outras”, continuou o músico... Continue Lendo no A união

Tags:  , , , , , ,          

Valéria Custódio - Miragem (2022)...




Imagine uma casa grande, com vários quartos e muitas portas. Mas falta cor e sem sentimento, como se ninguém morasse ali. Isso muda quando Valéria Custódio entra. Cantando e dançando, ela vai espalhando cores, das mais vibrantes às mais sóbrias, e assim preenchendo todos os espaços. Cada cantinho ganha vida, alegria, tristeza, vida. Assim é ‘Miragem’, o novo álbum dela. Mas diferente do que acontece no deserto, essa é uma miragem real, interpretada por uma artista, por uma mulher de verdade. Ainda no portão desta casa imaginária ela começa cantando ‘Água Pra se Benzer’, faixa de abertura que não apenas dá o tom da obra como presta um serviço. Com sonoridade fortemente inspirada na cultura afro, Valéria rima sobre respeito e lança as primeiras cores, verdes de diferentes tons em um jardim em que vai jogando as flores de um tema que permeia todo o trabalho: o amor... Continue Lendo no O Diário de Mogi

Tags:  , , , ,          

domingo, 20 de novembro de 2022

Rayzone - The Sandbox EP (2022)...



Download: The Sandbox EP (2022).zip (Ou vá no bandcamp acima)

Rayzone é uma Aliase da Anthoxic Team (time de Aliases pertencentes ao Guilherme Antônio, com alter ego Anthony). Suas produções são de breakcore com toque de influências de Chiptune e Glitch, o projeto iniciou em 2022. Seu estilo de música é bem diferenciado de outros Aliases do Anthony. Guilherme Antônio é da cidade de Registro, São Paulo...

Tags:  , , , ,          

sábado, 19 de novembro de 2022

GRINGOS DA SEMANA: Ultimo GRINGOS DA SEMANA de Novembro, cheio de lançamentos bem fodas pra vocês!


Playlist: Spotify | Deezer | Tidal

Chegamos com mais um post de GRINGOS DA SEMANA por aqui. Mais uma semana com vários lançamentos, em álbuns, EPs e singles de artistas de vários lugares do mundo. Acima, os links para nossas playlists em 3 plataformas atualizadas com o Top 20 da semana. Uma playlist menos estranha, mas que nem por isso deixa de ser estranha. Vale destacar o ótimo novo single da banda polonesa SH-CH, um jazz instrumental em feat com a saxofonista peruana Lucia Sarmiento, a mistura sonora pop da camaronesa Cadáze, que lançou um bom single. E o som lo-fi downtempo do americano Benya Barshai, todos os sons nas playlists. 

Vale dizer que a partir de agora, atualizaremos nossa playlist gringa e criaremos posts por aqui quinzenais, isso se existir demanda para tal, já que o fim do ano tá chegando!

Abaixo os álbuns destaques da semana, uma semana com ótimos lançamentos! Confere aí:

The Dark Jazz Project - The Dark Jazz Project (Álbum/ Reino Unido)

Novo projeto experimental do experiente músico e produtor Andrew Spackman, de Birmingham, no Reino Unido. Depois de um EP, lançado no começo do ano, o projeto agora apresenta seu primeiro álbum homônimo. Fazendo uso da música livre, jazzcore, dark ambient e muito ruído, ele apresenta um caos rítmico em 9 faixas bem amarradas e sem preconceitos sonoros. “Eu queria fazer algo que fosse raivoso, complexo e desafiador. Como me sinto sobre os tempos que estamos vivendo”, explica Andrew. Nós achamos que ele fez isso muito bem e que vocês deveriam ouvir ai:



Black Lilys - NEW ERA (Álbum/ França)

Duo de Lyon, formado há quase 10 anos atrás, que fez contato divulgando o clipe da música que dá nome ao novo álbum. O clipe é legal (saca ai), tem aquela vibe folk psicodélica de estar no meio da floresta e do verde. NEW ERA é um álbum de 10 faixas, de um pop bem feito e com pitadas de folk, psicodelia e experimentação indie. O vocal da Camille é doce e suave, as guitarras do Robin são precisas e o álbum é muito bem produzido. As batidas usadas também são interessantes. Fazia tempo que a gente não falava de um som mais pop, mas é exatamente o tipo de banda indie que faria sucesso aqui no Brasil se aparecesse num festival tipo o Coquetel Molotov que rola hoje. Ouça ai:



eassae - Metoji (Álbum/ Estados Unidos)

Artista, fotógrafo, escritor e músico. São essas as habilidades do produtor de Nova York, que junta tudo num site bem legal. Pelo que entendi, ele viaja bastante e parece abstrair vários tipos de cultura. Metoji é seu segundo álbum esse ano pela alcunha eassae. Digo isso, porque no site dele tem sons lançados desde 2006 em outros projetos. São 14 faixas eletrônicas e instrumentais, com boas linhas de synths/teclados e colagens de elementos sonoros interessantes. Em sua maioria, o downtempo é a tag principal do álbum, mas existem elementos de jazz, música clássica e pop aqui e ali, no meio da experimentação eletrônica. Segundo o artista, o álbum é “uma contemplação reflexiva da emoção incorporada. Um loop recursivo que fica mais rico a cada nota adicionada ou subtraída”. Vale conhecer a viagem sonora dele ai:



Bruna Sonora - Ritual (Álbum/ Espanha)

Projeto coletivo do saxofonista e flautista espanhol Javier Bruna, o Bruna Sonora mistura os ritmos tradicionais da Espanha como Flamenco, jazz e música clássica, com referências a sonoridades de outros locais, como a música grega. Ritual é seu segundo álbum, com 9 faixas, que mostra bem essa mistura sonora, cheia de latinidade. Misturando sonoridades antigas e contemporâneas, a banda compila faixas instrumentais e com vocal, apresentando de forma interessante e com ótima produção, todas as suas composições. Gosto da ideia das composições surgirem a partir dos elementos de sopro e de forma suave, abraçarem vários outros elementos sonoros e instrumentos. Vale conhecer e ouvir no seu player preferido ou ai:



Lore City - Under Way (EP/ Estados Unidos)

Duo formado em 2011 que atualmente vive no Oregon e é formado pelo casal Laura e Eric. A ideia é mistura psicodelia indie, dreampop e sons darkwave. Foi isso que eles fizeram em Under Way, EP 7”, com 2 faixas com boa experimentação pop. São 2 canções relativamente longas, que criam uma boa ambiência nos synths e teclados do Eric e nos vocais com efeitos da Laura (Em “Animate”). “Very Body, segunda faixa do trabalho, é instrumental e tem um ambiet dark bem interessante. Ouça ai:



Curtiu? Espalha nas suas redes, ouça e acompanhe a nossa playlist e repassa pros amigos! Nosso post gringo volta em Dezembro (Fim de ano será quinzenal).
Tags:  , , , , , , , , , ,          

grisa - Wet Matchbox (2022)...




É como a engenheira mecânica (Unicamp) e mestre em Engenharia de Vibrações, Acústica e Sensores (Le Mans Université, França) grisa se chama ao jogar para o Mundo suas criações musicais. Até agora foram três singles, “Escarlate” (2020), “Selva de Pedra” (2020), “Incerteza”(2021), um NFT com “Incerteza II” (2021) e um EP “Caos // Mar Aberto” (2022). No midsummer madness a estreia é o EP, “Wet Matchbox” que com 4 músicas em menos de 8 minutos nos deixou encantados. “Criei essas músicas durante uma viagem de ônibus do Rio até a cidade da minha família no interior de São Paulo. Quando cheguei, gravei todas em meu quarto num dia“. Giovana começou cedo na música: aos 3 anos estudava flauta doce no projeto da Banda Municipal Lyra de Paraguaçu Paulista. Por volta dos 8 anos, Giovana brincava de montar banda com as amigas mas a brincadeira tinha nome, Ice Rock Girls, e QG no “quartinho da casa da avó“. Aos 13 anos já dava aulas de clarinete para outras crianças. Teve ainda banda de heavy/thrash-metal aos 15 e, aos 17, decidiu cursar Engenharia Mecânica na Unicamp pensando que se distanciaria da música. Que nada, na Universidade sempre arrumava uma banda para tocar. Com 19 anos, em 2017, começou um duplo mestrado em Engenharia Acústica na Le Mans Université (França)... Continue Lendo no site do Midsummer Madness
 

Tags:  , , , ,          

sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Ceano - Bonsenso (2022)...




Formada em 2014, a banda paulista Ceano mistura rock alternativo com uma pitada de MPB e emocore. Com influência de Maglore, Marina Sena e Céu, o grupo lançou o álbum “Bonsenso”. O terceiro disco da Ceano entrega sete canções sobre o amadurecimento nos tempos atuais, desejos e a busca pela felicidade. Novos elementos sonoros - de violões e violinos às programações e sintetizadores – foram incorporados na banda, e apontam para uma brasilidade antes adormecida e para onde o grupo pretende caminhar, agora, com mais firmeza. De acordo com o baixista Leonardo Rodrigues, a evolução da banda se dá também na parte lírica. “Bonsenso” tem o intuito de incentivar o “sentir”. Enquanto a vida contemporânea nos atropela com o imediatismo, a banda nos convida a refletir... Continue Lendo no Portal Splish Splash

Tags:  , , , ,          

Flávia Bittencourt - Volitar (2022)...




 Misturar as sonoridades de gêneros clássicos do Nordeste como forró, galope e xote com os timbres da música eletrônica é uma das apostas da cantora, compositora e atriz maranhense Flávia Bittencourt em seu novo álbum, Volitar. Sexto disco de sua carreira, novo trabalho conta com a produção musical assinada pela própria Flávia junto ao DJ Fernando DeepLick , Felipe Tauil, e Carlinhos Brown, que assina algumas canções inéditas, compostas especialmente para Flávia. O álbum sai pelo selo Candyall Music e está disponível nas plataformas digitais. Volitar reúne 10 faixas, sendo composições de Flávia Bittencourt, Carlinhos Brown e outros parceiros, e traz como protagonista a música contemporânea onde as raízes nordestinas da maranhense são a base fundamental deste trabalho, somada à sonoridade eletrônica proposta por Deeplick. Com a produção musical iniciada ainda em 2019, oito singles já foram lançados dando a cara do que seria esse novo disco. Volitar, que dá título ao álbum, e Qual a razão? são duas faixas inéditas que completam o compilado. Volitar marca uma nova fase artística de Flávia, que encontrou nessa palavra a motivação para seguir sua carreira, sendo aquela que agita as asas para se manter equilibrada durante seu voo, seguindo seu destino, sua música, sua trajetória. Desde o início da sua carreira, a maranhense vem explorando várias nuances da música brasileira e com esse novo trabalho se firma como um dos nomes femininos que fomentam a cena da música eletrônica brasileira, mantendo sua essência viva e pulsante em cada célula rítmica. "Esse disco é todo construído com base nas minhas raízes. Trago elementos importantes da cultura nordestina como o baião, xote, galope e misturo com os beats mais modernos trazidos por Deeplick", conta Flávia...

Tags:  , , , , , ,          

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Davi Martins - Vê (2022)...



Download: Vê (2022).rar

Davi Martins, cantor e compositor nascido no Caririense, é um artista que se destaca por transparecer em suas composições, uma visão de mundo ao mesmo tempo simples e profunda. Costuma explorar temas que abrangem assuntos comuns, indo de tenras paixões a amargosas desilusões, mas que em seus enredos diversos quase sempre culminam no mesmo destino: o encontro consigo e a paz gerada a partir dessa unidade interior. Davi Martins equilibra em sua música jovialidade à sábia maturidade. O álbum “Vê” é o segundo trabalho e o primeiro disco da carreira de Davi Martins. É um álbum forte, profundo, sensível e afetivo, que não diminui ou acrescenta às experiências fruto das canções, apenas às vive em sua inteireza e simplicidade. Sonoramente o disco mescla pop, folk-indie, forró-jazz e elementos da musicalidade nordestina, encontrando na soma de todos os ritmos o equilíbrio entre o fino e o popular...

Tags:  , , , , ,          

Olivêra - Terceiro Mundo Transcendental (2022)...



Fazendo jus à provocativa alcunha de um artista rústico transado, movido por uma sonoridade azeitada pela divertida e paradoxal identidade démodé futurista, para além dessas abrangentes definições, o músico mineiro Olivêra é, sobretudo, um compositor. A partir desse enquadramento autoral simples e direto, o quinto disco da carreira de Olivêra, “Terceiro Mundo Transcendental” (Sandália Records / Onyá Soluções Criativas), um álbum inteiramente dedicado ao samba, fonte primária das composições do artista, e marca a continuidade de uma nova fase da carreira, que parte dos clichês brasileiros para refundar uma nova imagem nacional sobre esses mesmos clichês, como uma espécie de antropofagia musical de exaltação das possibilidades tupiniquins, embaladas por uma tropicalidade nata e apaixonada deste artista mineiro. O nome do álbum faz uma referência a uma postura otimista de subverter as caricaturas impostas à identidade brasileira. “O Terceiro Mundo Transcendental pode ser resumido como um movimento de autoestima, de assumir as limitações que temos, sociais, econômicas, políticas, de entender as limitações, e ao mesmo tempo dar uma resposta à altura sobre tudo e todos que tentam nos diminuir”, explica Olivêra...

Tags:  , , , , , ,          

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Anis de Flor - Fértil (2022)...




Cantora e compositora nascida em Florianópolis (SC), Anis de Flor expõe vivências e experiências como mulher negra e indígena no sul do Brasil ao longo das cinco músicas autorais apresentadas no primeiro EP da artista catarinense, Fértil. Editado via Lab Fantasma, gravadora de Emicida, o disco Fértil chegou ao mundo digital, embebido em afrobeats e afro-brasilidades. Quente, Solta, Forte, Fértil e Grande são as cinco músicas que compõem o repertório do EP, todas gravadas com produção musical de Dessa Ferreira e arranjos da própria Anis de Flor. Alegre Corrêa, François Muleka, Marissol Mwaba e Sam Machado integram o time de convidados do disco Fértil... Via G1

Tags:  , , , , , ,          

Repercuti - O Som das Baquetas (2022)...




O Repercuti, duo de percussão formado por Emerson Coelho e Emerson Rodrigues, apresenta “O Som das Baquetas”, seu disco de estreia. Produzido com apoio do edital Rumos Itaú Cultural, o disco foi disponibilizado nas plataformas digitais na semana passada. A obra reúne seis composições dos pernambucanos Amaro Freitas, Beto Hortis, César Michiles, Henrique Abino e Laís de Assis, além da própria dupla. “O Som das Baquetas (Ihin Orun)”, de autoria do duo, abre o álbum, que conta com direção geral de Aquim Sacramento (UFBA) e produção de Tainá Menezes. Na faixa, os músicos utilizam vibrafone, agogô triplo, cowbell, marimba, bongô e china... Continue Lendo na Folha de PE

Tags:  , , , , , , ,          

terça-feira, 15 de novembro de 2022

Zaidan - Disco Mixtape (2022)...




Zaidan, artista independente de Belo Horizonte, sempre foi um mlk sonhador, e não ironicamente, é isso que o mantêm vivo. Sempre esteve próximo da música, aos 12 começou a tocar violão e logo depois, o hip-hop foi sendo inserido na sua vida, á partir de vivências ligadas ao skate. Entre ruas e flips, em Belo Horizonte, o rap tomou conta de seus fones de ouvido até chegar às batalhas de rima. E inevitavelmente, se apaixonou, mas se encontrou mesmo, escrevendo músicas. "Disco" representa não só uma virada de chave na carreira artística de Zaidan, mas também um amadurecimento como pessoa. Nas músicas é retratado as vivências do artista, seus anseios, suas frustrações e também a “traplife ” , de fato. Cada track representa uma viagem diferente, o que se relaciona diretamente com o nome “Disco ” , que na verdade possui duas interpretações...

Tags:  , ,          

Cólera de Vênus - Colapso da Colônia (2022)...




Cólera de Vênus é uma banda de rock alternativo do sudoeste baiano, precisamente em Guanambi, na ativa desde 2018 e mesmo com esse tempo de 2 anos parados, superaram a pandemia e agora lançam o primeiro EP, intitulado "Colapso da Colônia", esse EP trás 4 faixas, com letras fortes e riffs marcantes, trazendo a vida o primeiro som...

 

Tags:  , , , , ,          

segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Teorias do Amor Moderno - Cartas Para Dario (2022)...




Lançado pelo trio paulista Teorias do Amor Moderno, o disco Cartas para Dario – apresentado como EP, mas sendo a rigor um single triplo – é o acerto de contas emocionais da vocalista e guitarrista do grupo de rock, Larissa Alves, com as perdas da pandemia. No caso de Larissa, com a perda de amigo querido que motivou a criação das composições Agosto, Cartas para Dario e Em mim. Gravadas com produção musical de Martin Mendonça, as três músicas geraram o atual disco desse grupo criado por Larissa Alves em Santo André (2007) e atualmente configurado como trio liderado pela artista com o baixista Will Salles e o baterista Maurício Rios (substituído no atual disco por Duda Machado). O single triplo Cartas para Dario está sendo enviado para o mundo digital através do selo Praia dos Artistas, de Martin Mendonça... Via G1

Tags:  , , , ,