quinta-feira, 18 de abril de 2024

Mirela Hazin - Tanto pra Dizer (2024)...




O álbum é um grande desabafo de como foi lidar com as consequências de ter falado”, disse Mirela Hazin sobre o ‘Tanto pra Dizer’, seu primeiro álbum de estúdio lançado neste mês de abril. A cantora e compositora tem 20 anos, mora no Recife e conquista com sua voz gostosa de ouvir enquanto canta coisas bonitas da suas experiências (ou sua visão de como essas seriam) como uma jovem da geração Z com inseguranças e em constante evolução, mas repleta de vontade de se descobrir através da música. O projeto conta com 12 faixas, todas de composição de Mirela e produção conjunta da própria e seu amigo e parceiro profissional, Eutimyo. São canções que acompanham a cantora durante sua adolescência, porém refletem esse seu caminho de amadurecimento. É um diário pessoal com melodia, afinal ela diz que “sempre preferiu escrever do que falar”, e nada melhor do que compartilhar isso com outros jovens para sentirem as emoções, se identificarem e curtirem seu som.... Continue Lendo na Tag Revista

Tags:  , , , ,          

MNTH - Lume Púrpuro (2024)...





"Lume Púrpuro" é o resultado de um intenso processo criativo do projeto MNTH, no qual o artista paulista Luciano Valério se dedicou a repetidas práticas com a intenção de provocar sensações que atraia e envolva o ouvinte a um estado meditativo, abrindo novas percepções e caminhos singulares através de padrões quase primitivos. Nesse contexto, o ruído e suas texturas desempenham um papel tão vital quanto as melodias mais evidentes presentes no álbum...

Tags:  , , , , , , ,          

quarta-feira, 17 de abril de 2024

Camus - Gigante Invisível (2024)...




A banda Camus passou por várias formações mas atualmente é formada por: Artur Guerra (Vocal, Guitarra, Violão, Produção Musical); Gabriel Bebici (Teclados, Violão, Produção Musical, Percussão), Vitor Gomes Lopes (Baixo) e Mateus Tavares Pimentel (Bateria). Os quatro membros são de Vitória/ES. O grupo possui dois álbuns de estúdio “Céu Verde em Cidade Deserta” e “Gigante Invisível” mas ainda pode ser considerada uma banda iniciante, que decidiu se profissionalizar e alçar voos maiores recentemente. O novo trabalho “Gigante Invisível” apresenta uma grande multiplicidade de estilos musicais e referências: Nota-se desde o Funk Rock, ao post-punk, a momentos de jazz e Rock Psicodélico...

Tags:  , , , , , , ,          

Beili - Como Respirar Embaixo D'água (2024)...




A talentosa artista Beili mergulha fundo em sua jornada de autoaceitação e expressão emocional no aguardado EP “Como Respirar Embaixo D’Água”. Composto e produzido em colaboração com NiC, este trabalho é uma ode à superação de inseguranças e à descoberta do próprio brilho artístico. Inspirado pelo amor compartilhado pelo R&B e influenciado por artistas renomados como Amaria, Erykah Badu e SZA, mas com uma abordagem inovadora em português, o EP mistura habilmente elementos de R&B, pop e indie. Esta fusão sonora cria um ambiente envolvente que cativa os ouvintes desde o primeiro acorde... Continue Lendo no ECult

Tags:  , , , ,          

terça-feira, 16 de abril de 2024

Tvkills - Manipulação em Massa (2024)...




 Todo mundo conhece algum programa de tv que se fosse possível espremer só sairia sangue. Parte desses programas são na hora do almoço, quando a população tem a tv como companheira para a refeição. Não é difícil achar os apresentadores como políticos após ganhar notoriedade através dos programas. Manipulação em Massa, novo EP da banda potiguar TvKills, aborda isso desde a arte que caracteriza o quarteto até a temática das músicas. Religião, ciência, politica e violência permeiam o trabalho. A banda tem tocado bastante desde que os shows voltaram, principalmente pela Cidade Alta, local de resistência da música e arte como um todo em Natal. Batemos um papo com Junior Santos, guitarrista da banda, que definiu o punk/hardcore da banda como um protesto... Continue Lendo nO Inimigo

Tags:  , , , ,          

Alfredo Dias Gomes - Tributo a Elvin Jones (2024)...




Acompanhado por um respeitável time de músicos (Jessé Sadoc, trompete e flugelhorn / David Feldman, piano / Jefferson Lescowich, baixo acústico), o baterista carioca Alfredo Dias Gomes comemora três décadas de carreira solo – e mais de uma dezena de discos lançados! –  com seu novo álbum “Tributo a Elvin Jones”. Gravado em seu próprio estúdio, na Lagoa, com o engenheiro de som Thiago Kropf, o disco chega às plataformas digitais a partir do dia 1 de março. “O fascínio pelo estilo de Elvin Jones é antigo”, conta Alfredo. “A primeira vez que o vi tocando foi em uma fita de vídeo VHS, ainda nos anos 80. Ele tocava jazz, mas de uma maneira diferente, com um estilo vigoroso, com uma pegada quase rock. Isso me fascinava, especialmente porque naquela época eu tocava fusion”. Desde então, a vontade de gravar Elvin Jones foi amadurecendo. Ao pesquisar sobre o baterista, Alfredo percebeu que em 2024 faz 20 anos de seu falecimento, ocorrido em 18 de maio de 2004. Foi então que decidiu fazer essa homenagem... Continue Lendo no Inted

Tags:  , , ,          

segunda-feira, 15 de abril de 2024

Old Rust Apresenta - Hardcore Fun - A Melhor Forma (2023)...




“Hardcore fun – A melhor forma de se expressar” é o nome do mais novo trabalho da banda de punk/hardcore da baixada Paulista, Old Rust. O EP é uma releitura de um projeto anterior de membros da banda, que decidiu juntar a qualidade do trabalho antigo com os novos recursos tecnológicos, para apresentar ao mundo o “Hardcore fun”. Com cinco faixas, o EP tem composições de Luiz Fernando Ramos, Alex Silva, Patrick Aparecido, Fernando Jr. e Fernando Costa; produção musical de Mario Netto e Old Rust, mixagem e masterização de Mario Netto e Estúdio UMSÓ; ilustração/Capa por Leonardo Kleinowski e lançado pelo selo Rio do Meio Records... Continue Lendo no Laboratório Pop

Tags:  , , ,          

Conde & suave coisa nenhuma - Crisálida (2024)...




"Crisálida" é um EP instrumental. Parceria entre Conde e Samir (estreando o projeto “suave coisa nenhuma”) na união espontânea entre samples, beats e guitarras. São 4 faixas que exploram ambientes, sensações, texturas e timbres convidando à introspecção numa conversa que transgride a razão e a ordem. O trampo naturalmente traz influências dos dois artistas. Crisálida foi feito em fevereiro de 2023, em João Pessoa-PB e lançado no YouTube em março de 2024. Conde é Rapper e produtor, integrante do selo Cris.Records (RJ), com dois EPs solos lançados e assinando diversas produções, trás influências do rap dos anos 90, fusion jazz e rock progressivo. De São Paulo, SP, na Paraíba desde 2020. Samir é cantautor, compositor, intérprete e guitarrista, do interior de São Paulo. Tem trabalhos lançados em diversos projetos que vão do Folk ao Stoner...

Tags:  , , , , , , ,          

domingo, 14 de abril de 2024

Henrique Iwao & Mário Del Nunzio - Without the Beatles (2024)...



Download: Without the Beatles (2024).zip (Ou vá no archive acima)

Em 2007, Henrique Iwao, Mário Del Nunzio, Rafael Montorfano e Lucas Araújo se reuniram no auditório do instituto de artes da Unicamp, com a intenção de gravar um álbum de peças para piano, supostamente baseadas em músicas dos Beatles. Dezesseis anos depois, Henrique e Del Nunzio resgatam o projeto, concentrando-nos no que os dois havíam produzido. Apenas metade do material estava pronto e eles tiveram de mergulhar no passado a fim de compor e mixar o que faltava. Este é o resultado, aprecie...

Tags:  , , , , , ,          

sábado, 13 de abril de 2024

Sérgio Pererê - História do Mundo (2023)...




"Este álbum representa uma homenagem não a mim mesmo, mas à minha trajetória, à minha obra. E o que é minha obra? É o mundo através do meu olhar. É o momento em que eu paro e olho para mim, percebendo a partir de onde eu conto a história do mundo". Essa é a perspectiva de Sérgio Pererê sobre seu novo disco, "História do Mundo", que chegou nas plataformas digitais de streaming nesta quinta-feira, dia 30 de novembro. Lançado em disco de vinil, em setembro deste ano, o trabalho agora chega à internet trazendo como música bônus uma inspirada versão do artista para "Promessas do Sol", de Milton Nascimento e Fernando Brant. Fruto da parceria com o produtor musical Jongui, o álbum "História do Mundo" marca os 25 anos da carreira profissional do cantor, compositor, ator e multi-instrumentista Sérgio Pererê, compilando versões repaginadas de sucessos de sua prolífica caminhada, além de apresentar duas músicas inéditas. Décimo quinto registro fonográfico de Sérgio Pererê, o álbum é um marco simbólico de sua carreira. "É como um resumo das coisas que já escrevi, da minha visão de mundo através da arte", diz, ressaltando que o álbum conta com duas músicas inéditas, "Babá Obá" e "Onde Está Sua Fé" (com participação do rapper Luciano Zulu), além dos convidados Maurício Tizumba, em "Woman", e Ohana, em "Terra e Lua”... Continue Lendo no Jornal Voz Ativa

Tags:  , , , , ,          

sexta-feira, 12 de abril de 2024

SomoS2 - SomoS2 (2024)...




E aí, galera? Beleza? Hoje eu vou dar aquela pitada marota da série DICAS DO SAL para falar sobre uma novidade que tá rolando no pedaço e promete deixar a cena reggae brasileira ainda mais bacana. Tô aqui para “falar” do lançamento do primeiro álbum da dupla SomoS2, que chegou chegando com um som que tem tudo para conquistar a galera que curte um bom reggae. Bora mergulhar nesse som? Formada no início de 2023, essa dupla, composta pelos parças de infância Hugo Casaverde e Conrado Muylaert, já chegou mostrando a que veio. Após lançarem cinco singles que ficaram na boca do povo, agora eles soltam seu primeiro álbum, que já nasceu maneiríssimo, saca? O Hugo, que já era da galera do reggae com a banda Tribalion, e o Conrado, que mandava ver no indie rock com os Playmoboys, resolveram juntar as vibes em um duo que é puro suingue e amor pela música. O disco, que carrega o mesmo nome da dupla, abre com o trampo “A vida é um sopro”. Já de cara, essa música mandou mais de 50 mil plays pra conta e garantiu um espaço de respeito nas playlists regueiras mais badaladas da internet. Isso sem falar nas outras tracks, como “Meu canto”, que é um hino pra quem vive e respira música, e outras pérolas como “No mesmo bar”, “Eu não vou chorar” e “Parar pra ver”, que vão direto no coração de quem curte o reggae com aquele tempero brasileiro... Continue Lendo no Pitadas de Sal

Tags:  , , ,          

Escadacima - Esperar Cansa? (2023)...




 Formada em 2021, em Belo Horizonte, a Escadacima é uma banda de rock alternativo que surgiu com a reabertura das casas de show na cidade após a pandemia. Diante do desejo mútuo de criar músicas, os 5 membros se aproximaram com o propósito de formar a banda, tendo todos vindo de trajetórias e contextos musicais muito fortes, porém diferentes. Disponível a partir do dia 7 de Dezembro de 2023, “Esperar Cansa?” será a primeira etapa do projeto mais ousado da banda até agora. O lançamento conta com duas músicas inéditas, “BH é Uma Canção” e “Contratempo”...

Tags:  , , , , ,          

quinta-feira, 11 de abril de 2024

Mariano Tavares - The Blue Prince (Remixes) (2023)...




O EP The Blue Prince (Remixes) chegou a todas as principais plataformas de streaming via Selo DoSol, através do projeto Incubadora DoSol. Trata-se do segundo volume de remixes de seu trabalho mais recente, Forte Como Fogo, lançado em julho, no qual Mariano Tavares propunha uma aproximação entre instrumentos puramente acústicos, basicamente o piano e o violão, costurados por elementos que ecoassem a música eletrônica. Agora o foco é precisamente a música eletrônica, reconstruindo e remodelando a canção original, The Blue Prince, desta vez com remixes criados pela rapper, DJ e produtora musical Jennify C., e pelo baterista e sound designer Yves Fernandes, além do fonograma original. “Ao pensar nas canções de Forte Como Fogo que poderiam funcionar melhor como remixes, The Blue Prince me pareceu a escolha mais óbvia, pois a própria letra da canção utiliza recursos comuns ao artesanato dos remixes e da música eletrônica como o fragmento, o recorte, a sombra e a transfiguração, tendo sido escrita como em diálogo mais ou menos direto com obras de dois poetas dos quais sou leitor devoto: Jorge Luis Borges (A Un Gato) e Emily Dickinson (I Sing To Use The Waiting)”, argumenta Tavares... 

Tags:  , , , , ,          

Jota.pê - Se o Meu Peito Fosse o Mundo (2024)...




Após muita expectativa, Jota.pê liberou através da Som Livre o álbum completo Se o Meu Peito Fosse o Mundo. O segundo trabalho solo do cantor, compositor e violonista paulistano apresenta dez faixas, sendo cinco inéditas, já que o artista havia antecipado metade do álbum, que ganhará uma edição especial em LP em breve. Nas gravações, Jota.pê contou com a parceria dos músicos João Cavalcanti (Caminhos), Rafa Castro, Nina Oliveira e José Gil, que aparece com os Gilsons na música “Feito a Maré”. O álbum, que você pode ouvir ao final da matéria, teve também a participação de Xênia França na canção “Naíse”. A repercussão do disco tem tudo para ser grandiosa... Continue Lendo no TMDQA

Tags:  , , , ,          

quarta-feira, 10 de abril de 2024

Antonio Leoni - Ciclos e Portais (2024)...



O cantor e compositor Antonio Leoni acaba de lançar seu primeiro EP, “Ciclos e Portais”, que conta com seis canções escritas por ele entre seus 13 e 23 anos. O EP tem a produção em parceria com o músico Gabriel Amorim. Os dois são amigos de infância. Apesar de já caminhar sozinho, Antonio é filho do cantor e compositor Leoni. E não apenas isso. Seus primeiros passos, como não poderia deixar de ser, foram dados ao lado do pai. E, apesar de mostrar uma clara influência aqui e ali dele, sua música já traz uma personalidade forte. Seu som é inescapavelmente pop. E isso fica claro nas influências que ele diz ter. Antonio é fã das composições de Hebert Vianna e Cazuza, artistas contemporâneos do pai. Ao mesmo tempo, afirma se interessar por artistas que, assim como ele, produzem as próprias gravações, como Lulu Santos, Ana Frango Elétrico e Tyler The Creator... Continue Lendo na Revista Forum

Tags:  , , ,          

Artur Miranda - Aquela Noite Passou Como um Instante (2024)...





 Com apenas 20 anos de idade, o músico Lageano Artur Miranda lança, na sexta-feira (26), seu segundo trabalho autoral: o álbum ‘’Aquela Noite passou como um Instante’’. Assim como fez em seu álbum de estreia (‘’Fuja de Si Mesmo e Não Volte Nunca Mais’’, de 2022), Artur compôs, gravou e produziu sozinho todas as faixas deste novo lançamento – tendo tocado todos os instrumentos presentes no mesmo. Ele, porém, define os seus dois trabalhos como Lo-Fi (abreviação de Low-Fidelity: ‘’Baixa Fidelidade’’, em inglês), pelo fato de que os mesmos não seguem padrões profissionais de captura de som, optando por uma produção minimalista e mantendo traços mais caseiros e imperfeições como estéticas sonoras. Os dois álbuns foram gravados no quarto de Artur, e não em um estúdio profissional. Entretanto, o músico reconhece que este novo trabalho é bem superior ao seu antecessor em questões de mixagem e masterização de áudio, e alega que vem buscando evoluir como produtor musical... Continue Lendo no Folha da Serra

Tags:  , , , , , ,          

terça-feira, 9 de abril de 2024

A Banda Que Nunca Existiu & Do Culto ao Coma - Quem É a Doença? Quem É a Cura? (2024)...




Depois da união bem sucedida que culminou com o single Todo Mundo Foi Embora?, os grupos paulistas A Banda Que Nunca Existiu e Do Culto Ao Coma se juntaram novamente, mas, agora, para a criação de um EP. Intitulado Quem É A Doença? Quem É A Cura?, o material teve início nos idos de 2022 e conta com composições da ABQNE e interpretações da DCAC. É curioso e estranhamente contagiante. Seu sonar inicial traz uma interessante mistura de comicidade e imaturidade. É como se um aroma jovial, pré-púbere e ingênuo pairasse pelo ambiente e embriagasse o ouvinte com seu toque despreocupado, mas hilariante. Vislumbre é um prelúdio que consegue funcionar como uma espécie de trilha sonora teatral, um abre-alas fora do padrão, mas cuja estrutura sonora consegue capturar a atenção do ouvinte. Contudo, Vislumbre é também experimentação. Experimentação de sons, texturas e harmonias que a torna um produto instrumental enigmático, para dizer o mínimo. Com tais testes, a canção consegue ser cômica, infantil, doce, teatral e ligeiramente épica. Vislumbre é um verdadeiro guia que surge para acompanhar o ouvinte pelas aventuras através dos confins de Quem É A Doença? Quem É A Cura?... Continue Lendo no Site do Diego Pinheiro

Tags:  , , , , , ,          

Nouvella - Love Cirkus, Pt. 2 (2024)...




A espera, enfim, acabou: já está em todas as plataformas digitais a segunda parte do trabalho Love Cirkus da banda Nouvella. Com o nome de Love Cirkus PT. 2 (2024), o trabalho é a continuação do que a banda lançou ano passado e é ao mesmo tempo um encerramento e abertura de um novo ciclo para a banda. Aqui a Nouvella reforça sua identidade marcante e também sua sonoridade. Trilhando seu próprio caminho entre o Rock e também o Blues, o EP une o amor da banda pela música e a natureza performática do circo. Faixas como Let it Bleed e Não Vou Mais convidam o ouvinte a dançar, cantar alto e extravasar. Já I Wonder, faixa que abre o EP, é uma reflexão sobre um amor que está indo embora e, em suas letras, faz referência ao amor encontrado em Good Inside, faixa que está no EP Love Cirkus... Continue Lendo no RockStage

Tags:  , , ,          

segunda-feira, 8 de abril de 2024

Rafael Castro - Vaidosos Demais (2024)...




 Duas décadas de carreira e vinte discos. Um dos artistas mais hiperativos da música contemporânea brasileira, Rafael Castro ficou conhecido por produzir seus álbuns completamente sozinho, lá nos anos 2000, e pelo cinismo criativo que o cunhou como um novo “marginal”. Agora, ele quebra o silêncio de oito anos revelando Vaidosos Demais, seu novo trabalho solo. “Bar e Lanches”, faixa de abertura, aponta a que veio o (aguardado) disco: dar aquela cutucada, com lugar de fala, na classe média-baixa da Zona Oeste da cidade de São Paulo, região que é reduto artístico e, vejam só, abriga bar, estúdio e casa de shows do próprio Rafael. A decadência da simbologia hipster, passando pela objetificação dos artistas nas redes sociais – via promessa empreendedora, evidenciada na faixa “O Algoritmo te Escolheu”, com participação da cantora e compositora Vanessa Bumagny – e os exageros retóricos de uma esquerda falha em suas práticas, o conservadorismo mascarado de liberalismo e a hipocrisia das fofocas novelísticas compõem o curioso mosaico temático de Vaidosos Demais. O disco também contempla canções que exaltam a entropia do universo, encerrando debochada e liricamente com a faixa “Quando Essas Canções Não Existirem Mais”, parceria com o músico e compositor André Mourão e a beleza da iconoclastia ao cristianismo... Continue Lendo nO Inimigo

Tags:  , , , , , ,          

domingo, 7 de abril de 2024

Gloios - Natureza Errada (2024)...




Download: Natureza Errada (2024).zip (ou vá no bandcamp acima)

 Eis o novo álbum do projeto instrumental Gloios, do paulista Rafael Xavier. "Natureza Errada" tem uma sonoridade bem experimental e que flerta com muitos gêneros musicais diferentes: desde post-rock, shoegaze e art rock até músicas da cultura nordestina, como baião, forró e xote. ""Natureza Errada" é, antes de tudo, uma delicada lembrança sobre os meus mortos. O álbum é dedicado especialmente às várias pessoas que me fizeram -- e que ainda me fazem -- sentir vivo, tanto em vida quanto em morte."

Tags:  , , , , , ,          

sábado, 6 de abril de 2024

Varadouro Attack - Relhos Ancestrais (2024)...



Download: Relhos Ancestrais (2024).zip (Ou Vá no bandcamp acima)

Varadouro Attack
é uma banda de Olinda, PE. A ideia é através da música, trazer o debate agudo e radical sobre o racismo estrutural cotidiano. Usamos algumas referências afro na nossa sonoridade. O EP de 3 faixas intencionalmente trás uma sonoridade mais leve em relação ao repertório que transita entre o punk e pós-punk com muitas camadas de noise. Sintetizamos esse estilo de AfroNoise...

Tags:  , , , ,          

sexta-feira, 5 de abril de 2024

Tagore - Barra de Jangada (2024)...



A colaboração entre Paulo Rafael e Alceu Valença durante os anos 1980 produziu canções que, hoje, são tidas como clássicos. “Tropicana”, “Como Dois Animais”, “Coração Bobo” e, talvez a mais famosa, “Anunciação” são algumas das músicas nascidas da parceria entre os dois músicos. A memória nostálgica dessa parceria é a ideia central de Barra de Jangada, quarto álbum de Tagore. Apesar do trabalho de Paulo Rafael realmente ter deixado um legado na música de Pernambuco através da discografia de Alceu, a sua guitarra não é algo que tem um protagonismo nas canções, sobressaindo-se mais em “Anunciação”. O que Tagore faz, no entanto, é elevar a potência do estilo da guitarra de Paulo Rafael em suas canções, de um jeito que a guitarra se torna protagonista do álbum ao lado de sua voz. O trabalho do guitarrista Arthur Dossa acaba se tornando o elemento principal na construção da sonoridade do álbum pelo fato das harmonias da guitarra guiarem as músicas como um todo... Continue Lendo na Revista O Grito!

Tags:  , , , , , ,          

Resp - S1 Atrás da Moeda (2023)...




O curitibano Resp disponibilizou seu mais novo trabalho: o EP S1 ATRÁS DA MOEDA, o último de três EPs lançados ao longo de 2023, que compõem o seu terceiro álbum SUBSOLO. As três faixas, mais próximas do hip-hop e rap alternativo, falam da moeda tanto no sentido literal, referente à busca pelo tesouro, quanto no sentido místico: o papel da moeda no jogo da sorte e das decisões, sendo aquilo que ficou “atrás da moeda” como algo perdido ou renunciado...

 

Tags:  , , , , ,          

quinta-feira, 4 de abril de 2024

TAY - Buscando Encontrar (2024)...




A cantora carioca Tay lança, nesta quarta-feira, o primeiro EP de sua carreira, “Buscando encontrar”, nas plataformas digitais. O novo trabalho é parte do cronograma de ações do projeto Empodera, do qual Tay é madrinha. Entre outras ações, o Empodera, promovido pelo Instituto Incluir, realiza oficinas de qualificação audiovisual voltadas a meninas e mulheres cis e trans em situação de vulnerabilidade. “Quero cantar a minha história e tocar o coração das pessoas com a minha arte. Falar o que precisa ser falado, ajudando as pessoas a pensar no futuro que queremos viver.”... Continue Lendo no Katiavelo

Tags:  , , , , ,          

Sombrio da Silva - Lorotas & Tragédias (2024)...




O novo trabalho do artista brasiliense Sombrio da Silva foi lançado no dia primeiro de abril, uma ode a lorota e as tragédias da vida em sons acachapantes, cheio de participações especiais. É um som antigo, é algo que remete a outro mundo, mas que é tão atual...

 "este é o trabalho mais íntimo que já realizei, e a princípio nem ia gravar e muito menos envolver essa ficha técnica toda pois não acreditava que pudesse ter algum valor pra mais alguém além de mim. mas estou muito feliz de ter mudado de ideia e devo este EP ao trabalho, ouvidos atentos, olhares generosos, palavras fortalecedoras."

Tags:  , , , , , ,          

quarta-feira, 3 de abril de 2024

Vários Artistas - Sabotage 50 (2024)...




Mauro Mateus dos Santos (3 de abril de 1973 – 24 de janeiro de 2003), o rapper paulistano imortalizado com o nome artístico de Sabotage, poderia estar festejando hoje 50 anos de vida se não tivesse sido assassinado há 20. Ainda assim, haverá a celebração da memória e do legado do artista através de projeto multimídia intitulado #sabotage50 anos. Previsto para ser realizado deste ano de 2023 até 2025, o projeto inclui livro biográfico ilustrado, filme, exposição imersiva e álbum com duetos virtuais do artista. Criolo, Djonga, Filipe Ret, N.I.N.A., Orochi e Vandal estão entre os rappers convidados para fazerem feats. póstumos com Sabotage. As faixas unirão a voz de Sabotage – extraída dos fonogramas originais da discografia do artista – com as vozes dos rappers convidados em arranjos inéditos com beats novos, criados sob direção musical de Diana Bouth, Tejo Damasceno e Zegon... Continue Lendo no G1

Tags:  , , ,          

Guilherme Meirelles - Desvanecer (2024)...




Cantor, compositor e multi-instrumentista do subúrbio carioca, Guilherme Meirelles retrata mais uma fase de sua carreira (vida) com o lançamento do álbum ‘Desvanecer’. O trabalho, gravado e disponibilizado no Bandcamp em 2022, conta com uma faixa extra e uma versão inédita neste novo lançamento. Este é o terceiro álbum de Guilherme, que lançou também o mais recente ‘Ainda Vivo Sonhando’ (2022) e o debut ‘Descendo a Ladeira’ (2018), além do EP ‘Efervescente’ (2021) e diversos singles. Embalado de forma lenta, pesada e arrastada pelo garage rock, slowcore e cores monocromáticas, ‘Desvanecer’ também revela facetas de ternura e afeto em seus quase 20 minutos de poesia. Assim como em composições anteriores, as criações de Guilherme são resultados de momentos que atravessaram sua vida, como o episódio de uma enchente que levou boa parte de seus equipamentos musicais. Na época, Guilherme só precisava colocar os sentimentos para fora e, sem pensar em timbres precisos ou efeitos mirabolantes, começou a criar um disco que soa, segundo o próprio artista, de forma tão soturna e corroída devido, também, a este acontecimento. “Desvanecer é uma ode ao sumiço. Basicamente sobre se desprender da vaidade e de coisas mais materiais, se apegando totalmente ao sentimento nu e cru”, descreve Guilherme...

Tags:  , , , , , ,          

terça-feira, 2 de abril de 2024

Vazio - Necrocosmos (2024)...





 A banda de Black Metal VAZIO, que conta com Renato Gimenez (vocal e guitarra), Eric Cavalcante (guitarra), Nilson Slaughter (baixo) e Daniel Vecchi (bateria), anuncia o lançamento de seu segundo álbum, "Necrocosmos", mantendo a temática mortuária presente em seu debut  "Eterno Aeon Obscuro", de 2020. Gravado e produzido pela própria banda no estúdio Sinfonia de Cães ao longo de um ano e meio, o novo trabalho mergulha nas profundezas dos reinos dos mortos e seus mistérios, explorando influências da quimbanda, da necromancia brasileira e da filosofia. Inspiradas nas letras, adicionando significado e contexto artístico à obra da VAZIO, a capa e as demais artes são pinturas e ilustrações do artista Rafael Frattini, que já colaborou com a banda em "Eterno Aeon Obscuro"... Continue Lendo no Sepuchral Voice

Tags:  , , , , ,          

Yuri Costa - Anjo Elétrico (2024)...




Três álbuns depois, alguns singles e bootlegs pela internet – e até uma recente coletânea em que artistas independentes homenageiam o cantor e compositor carioca – Yuri Costa surge nas plataformas em um formato inédito: apresentando 5 novas versões de suas canções com banda de apoio, seu novo EP ‘Anjo Elétrico’ chega no dia 30/03 pela Creepmachine Records. Além Yuri nas guitarras e voz, o registro conta com Beatriz Firmino (Backing Vocals e Flauta Transversal), Eduardo Andrade (Baixo), Fernando Carvalho (Backing Vocals e Percussão), Guilherme Meirelles (Guitarra) e Yael Carvalho Torres (Bateria). Este novo trabalho é uma mistura de passado e presente, sintetizando muitas das ideias de Yuri Costa nessa trajetória do ‘ser artista’. Há dez anos escrevendo e cantando seus versos, Yuri constroi ‘Anjo Elétrico’ se baseando em memórias afetivas de família e como nelas se misturam sentimentos de paz e confusão; de amor e de situações que colocam essas relações à prova. Inspirado em artes com fotos de seu irmão, mãe e esposa, Yuri escolheu Velvet, Tangerina, Roxo, Patrimônio e Inuyasha para falar sobre seu cotidiano casual ao mesmo tempo que pinta cenários surreais que atravessam sua poesia sobre sua juventude e vivências. Abraçado em referências de folk e MPB, Yuri encontrou nos próprios membros de banda e em seus respectivos trabalhos musicais a maior inspiração para esses novos direcionamentos instrumentais: “Uma influência direta foram dos músicos que participaram do projeto como Larva Serrote, de Yael Carvalho Torres, além da Minha Banda Secreta, banda secreta como o nome diz de Fernando Carvalho e Beatriz Firmino e a música de Guilherme Meirelles e o A casa mais estranha não tem número do Eduardo Andrade e Matheus Roque. Como as melodias foram criadas em ensaios, dá pra sacar essas influências, a gente conversava muito sobre como seriam as partes das músicas ou às vezes só íamos tocando mesmo curtindo a onda”, conta Yuri sobre esse processo de criação... Continue Lendo no Julio Take

Tags:  , , , , , , ,          

segunda-feira, 1 de abril de 2024

LIMAO THE SOUND & TOOKKA - esqueceu (2024)...




Os amantes da música têm uma razão para comemorar, pois o renomado artista alagoano, LIMAO THE SOUND, se une à talentosa cantora TOOKKA para lançar um novo EP que promete incendiar as pistas de dança em todo o mundo. Com uma forte influência do reggae e ragga alagoano, combinado com a rica tradição cultural do melo, as duas faixas, intituladas "Esqueceu" e "Ritalinda", oferecem uma experiência sonora única e envolvente. "Esqueceu" cativa os ouvintes com sua melodia cativante e letras emocionalmente carregadas, enquanto "Ritalinda" mergulha profundamente na cultura vibrante de Alagoas, com batidas contagiantes e ritmos pulsantes. Ao combinar seus talentos distintos, LIMAO THE SOUND e TOOKKA criaram um som que transcende fronteiras e celebra as raízes musicais profundas da região nordestina do Brasil...

Tags:  , , , , , ,          

JARDEL DE CASTRO, Pedro Ben - Rádio Cabeça (2024)...




 Novo trabalho dos compositores e artistas piauienses Jardel De Castro (Da Bia & os Becks) e Pedro Ben (Alcaçuz e várias outras bandas). O EP apresenta 5 faixas instrumentais, misturando beats lo-fi e instrumentos orgânicos tocados pelos dois amigos de longa data...

Tags:  , , , , , , ,