quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Vinicius Cantuária, Zeca Baleiro - Naus (2022)...



Download: Naus (2022).rar

A parceria dos cantores e compositores Vinícius Cantuária e Zeca Baleiro é o encontro da arte,  e teve início meses antes da pandemia, que se estendeu durante os meses de isolamento. O resultado é o primoroso álbum “Naus”, que está nas plataformas digitais. “Naus” traz 11 faixas assinadas pela dupla e foi sinalizado durante um encontro dos artistas no Aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro, seguido de bate-papo durante o voo. Vinícius Cantuária, 71 anos, e Zeca Baleiro, 56, haviam se visto somente uma vez. “Naus” seguiu o itinerário dos artistas, que em setembro de 2021, se encontraram no estúdio Sonastério, (selo) em Nova Lima, em Belo Horizonte, onde deram início às gravações. A produção é de Walter Costa, amigo dos dois, que já havia sugerido a Cantuária fazer um trabalho com Baleiro... Continue Lendo a Entrevista no Mais MPB

Tags:  , , , ,          

transmissão beta - Estação Mataró (2022)...




Transmissão Beta é uma dupla formada em 2019, por Ana Plá e Ahmad. A banda toma como principais influências o (pós) punk, com o experimental de Brian Eno e a cólera do rock gaúcho. Com letras e sonoridades que misturam a ficção científica dos anos 80 com a letargia do dia-a-dia da sociedade pós-industrial, as crianças chegam prometendo uma nova música para abalar as estruturas do provinciano Paralelo 30. O EP "Estação Mataró" conta com 3 músicas, diversas em estilo e influência, que buscam apresentar para o mundo a banda e sua proposta sonora. Produzido em um notebook na sala de casa, tal qual o infame hit "ST4L1N M4T0U foi pouco", "Estação Mataró" é o nosso primeiro passo na "indústria musical", sem perder a energia que nos inspirou a começar a fazer música em primeiro lugar...

Tags:  , , , , , ,          

quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Georgez - Rolo Compressor (2022)...




 O EP Rolo Compressor apresenta três músicas para esmagar Georgez! O artista segue cantando em um mundo perigoso, de corrupções e abusos, sobrevivendo aos drásticos acontecimentos políticos de nosso tempo. Tensões, dramas, confissões e delírios marcam as três canções deste trabalho, que evocam o poder subversivo da arte para transformar a sociedade. As músicas exploram elementos nostálgicos, revisitando a cultura post-punk, punk-reggae, new wave, synthwave e o futurismo dos anos 80...

Tags:  , , , , , , ,          

Sofia Molas - No Mundo Neurótico (2022)...

 



A implementação de elementos sonoros de diversos gêneros e as harmonias sombrias de Sofia Molas, cantora, compositora e produtora recifense, traz influências do Doom Metal ao R&B para o Art Rock. Sofia, que iniciou suas atividades em dezembro de 2019, lança seu primeiro álbum, “No Mundo Neurótico”. O álbum tem como assunto principal a jornada do crescimento e desenvolvimento de uma jovem que desde cedo demonstra transtornos neuróticos. A temática se apresenta em todas as músicas, a partir de trechos como: “A carne pulsa pra fora / Ela só quer ir embora / Conhecer o tudo afora / Mas liberdade só n’aurora”, na canção “Sal na Ferida” ou em “Sobrevivência / Turbulência / Eu só queria / A desistência”, na canção “Negligência”. O disco surgiu de um impulso da compositora de evitar a sobrecarga, encontrando na composição e arranjo uma forma de reinterpretar neuroses que a acompanham a muitos anos. A abordagem ao tema, que tem ganhado mais força em espaços de discussão, é direta, pessoal e visceral...

Tags:  , , , , , ,          

terça-feira, 16 de agosto de 2022

Fizeram a Elza - Hecatombe (2022)...




A banda Fizeram a Elza lançou o EP Hecatombe que revela a identidade eclética na mistura de ritmos. Através de cinco faixas, o sexteto busca abordar, cada uma num segmento diferente, e de forma poética, temas como a saga dos imigrantes, a desigualdade social e seus efeitos no indivíduo. “Carnaval”, “Jardineiro”, “Paisagens da cidade”, “Samba da Inércia” e a faixa homônima reúnem elementos percussivos, influências no maracatu de Recife e música nordestina, reggae, além de bossa jazz e rock... Continue Lendo na Revista O Grito!

Tags:  , , , , , ,          

Boca Seca - Boca Seca (2022)...




A Boca Seca está de volta em formato de quarteto. A sonoridade segue a mesma que caracteriza a banda: suingue da soul e funk, sem esquecer as brasilidades como um bom xote. A mudança no nome marca a mudança de formação com a saída de Clara que segue em carreira solo. Fábio Rocha (guitarra e voz), Jordan Santiago (baixo), Silvio Franco (bateria) e Marcelo da Costa (guitarra) estão mais técnicos, até pela longa estrada e apostando numa sonoridade mais jazzística. A preocupação com a parte visual também é uma tônica desse novo trabalho e será vista em vídeos, teasers e fotos de divulgação... Continue Lendo na Revista O Inimigo

Tags:  , , , , , ,          

segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Maya Neves - M (2022)...



Download: M (2022).rar

"M" é o EP de estreia da cantora Maya Neves, produzido por Kaneo Ramos, com mixagem e masterização de Iran Ribas e participação de Alexandre Vianna e Leonardo Rosa...

 

Tags:  , , , , ,          

DNSM - Despertar (2022)...




A banda paulistana DNSM faz do seu som um convite a pensar sobre questões humanas e sociais por meio de uma musicalidade plural. Entre percussões brasileiras, riffs potentes de guitarra e synths modernos, o grupo propõe canções para dialogar sobre seu tempo. Depois dos dois primeiros EPs, “O Sistema” e “Soma”, agora o quarteto completa sua trilogia de estreia com o EP “Despertar”, já disponível nas plataformas, juntamente do novo lyric video, para a faixa “Ouse o Amor”. O projeto conceitual foi uma ambiciosa empreitada da banda, que dividiu as canções em álbuns temáticos. O primeiro, “O Sistema”, trouxe composições que debatem o controle dos indivíduos; já no segundo, “Soma”, o título entrega um paralelo com a droga utilizada no livro “Admirável Mundo Novo”, uma fuga das pressões do sistema. Por fim, “Despertar” é a libertação das amarras anteriores, em um clima mais otimista... Continue Lendo no site Os Garotos de Liverpool

Tags:  , , , , ,          

domingo, 14 de agosto de 2022

Collectively Alone - Submerged in Subconsciousness (2022)...





Pouco mais de um ano após o lançamento do primeiro álbum, Collectively Alone traz novamente um trabalho conceitual com experimentações e mescla de gêneros musicais. Como um encontro entre Hypnoss e Netuno, "Submerged in Subconsciousness" desta vez aborda como conceito um paralelo entre as zonas pelágicas e os estágios do sono. "Como o próprio nome do álbum diz, seu intuito é que mergulhemos nesse oceano interno e desconhecido, como se passássemos pelos estágios do sono através da música. Com texturas aquáticas e melodias doces, deixar as correntes do sono nos levar cada vez mais às partes profundas e desconhecidas de nós mesmos." indica Zarpão. O álbum, desta vez instrumental, bebe da fonte do Chillhop/Lofi, e faz uso de poliritmos e texturas hipnotizantes para que se alcance o resultado desejado, e apesar da nova sonoridade, "Submerged in Subconsciousness" é uma continuação direta do álbum anterior (Collectively Alone), que tem como tema central os ciclos e a passagem de tempo durante um dia de isolamento, desde o despertar (Sunshine) , até a hora de adormecer (Goodnight). "Com este álbum, surge também uma camada de profundidade adicional ao tema do primeiro, pois aqui é acrescentada mais uma parte ao ciclo. Acordar, viver, dormir e sonhar, para novamente acordar, viver, dormir e sonhar."

Tags:  , , , , ,          

sábado, 13 de agosto de 2022

GRINGOS DA SEMANA: Destaques em EPs de artistas de vários países as nossas playlists atualizadas com 20 novos sons de artistas de 14 países do mundo!


Playlist: Spotify | Deezer | Tidal

Chegamos com nosso post semanal de sons do mundo! Uma semana cheia de sons eletrônicos com base em beats, vários elementos de percussão eletrônica pra você curtir e conhecer. Nossas playlists já estão atualizadas com 20 novos sons de 13 países do mundo. Da o play e lê sobre os destaques abaixo:


Neon Dion - EPIPHANY (Álbum/ Estado Unidos)

Vamos lá, descobri que gosto de Hyperpop, por mais que eu ainda não consiga explicar o estilo com clareza. Neon Dion é o projeto de um engenheiro de som americano de St Louis, que desde 2018 solta sons nos streamings. Epiphany tem 9 faixas, que misturam elementos de música eletrônica, hip hop (e derivados modernos como trap e drill), emo e o tal do Hyperpop. Os beats em sua maioria são slow, os flows são oks, mesmo que com muitos efeitos e são poucos feats, mas vários produtores envolvidos no álbum. O trabalho é linear, mas existem momentos melhores e alguns clichês pelo caminho. Um projeto jovem, mas com ideias promissoras, principalmente nos beats. Ouça ai:



TEDTEDTED - Mesh​/​mosh (EP/ Líbano)

Novo projeto solo do multi instrumentista e artista eletrônico Teddy Tawil, que é libanês, mas atualmente vive na Alemanha. Mesh/Mosh é um EP de 4 faixas carregadas de beats pesados e experimentos sonoros cheios de emoções e sentimentos. As músicas foram compostas ano passado em Beirute, quando o artista esperava seu visa para a Alemanha e estava entediado e frustrado com toda a demora da situação e o clima tenso do seu país. Acho que tudo reflete no som bem breakbeats e experimental. Isso é arte, transformar sentimentos que podem ser ruins em coisas boas e interessantes. Ouça ai no bandcamp:



LNOER - The Light Inside the Factory (EP/ Finlândia)

Sei pouquíssima coisa sobre o LNOER. Sei que é um novo projeto/ banda da Finlândia, que só esse ano de 2022, já lançou vários singles e alguns EPs nos streamings.O sexto e mais recentes deles é The Ligh Inside The Factory, com 4 faixas instrumentais cheias de beats, efeitos em future bass, remixes, synths e ótima atmosfera sonora. O trabalho é um lançamento da Estribo Records, um selo de música eletrônica da Espanha. Ou seja, os caras tem conexões ou estão espalhando rapidamente seus sons pela Europa. Vale conhecer ouvindo no soundcloud da gravadora:



Fixpoint - Negentropy (EP/França)

Novo projeto/ produtor de Paris. O projeto descreve seus sons como: “Uma mistura de uma forte predisposição para a felicidade e um gosto pronunciado pela escuridão”. E pelo menos em Negentropy, primeiro lançamento do artista, é bem essa a ideia que passa. Uma mistura interessante de synths darks e beats, hora alegres, outros caóticos é o que ouvimos nas 5 faixas do trabalho. O EP é um lançamento do selo Geometric Corruption, do Marrocos. Vale muito ouvir o trabalho no soundcloud:



Willo - 01(o) (EP/ Reino Unido)

Willo é um projeto instrumental/ eletrônico de Londres. Não sei se é uma pessoa só ou uma banda, mas pelo que entendi a ideia nesse primeiro EP, lançado pelo selo Absent Music, a ideia é parte da improvisação pra construir camadas sonoras sobrepostas em uma base de loops. 01(o) tem apenas 3 faixas que parecem usar a guitarra como a base em loops. A sensação é uma mistura de elementos orgânicos e eletrônicos pra construir sons que passam por ambient, drone e experimentação que caem muito bem em projetos audiovisuais e teatrais. É uma boa estreia, conheça ai:



Marco Dassi - Spaghetti Al Sugo (EP/ Itália)

O Marco é um beatmaker e produtor musical italiano, que há quase 15 anos vem soltando pedras sonoras nos streamings. Spaghetti Al Sugo é um EP de 4 faixas e um lançamento da Miura Records, selo de música eletrônica da Espanha. Fazia tempo que eu não curtia um trabalho mais focado no house, mas talvez pela característica lo-fi dos beats, ou pela versatilidade do artista, as faixas dialogam entre si, mas também tem suas diferenças e isso deixa o trabalho bem agradável. Alguns beats com pegada Drumming & Bass, outros sons mais synthwaves, tudo muito bem feito e produzido. Liga o adblock e ouça ai:



Curtiu? Dissemina ai nas suas redes pra mais gente conhecer e ouvir os sons da playlist!
Tags:  , , , , , , , ,          

Didier Guigue - É Tudo Verdade (2022)...





Download: É Tudo Verdade (2022).zip (Ou vá no bandcamp acima)

O álbum É TUDO VERDADE de Didier Guigue, lançado pelo selo Hominis Canidae, é um dos vários projetos programados para comemorar os seus 40 anos de carreira no Brasil. Uma carreira que sempre seguiu os caminhos complementares e entrelaçados do ensino da história e estética das músicas contemporâneas (foi Professor Titular no Departamento de Música da UFPB em João Pessoa, onde reside), da pesquisa em musicologia, com ênfase nas práticas dos séculos XX e XXI (é Pesquisador no CNPq desde 1997) e da prática, tanto como compositor quanto como performer. Quando fagotista da Orquestra Sinfônica da Paraíba, criou com colegas o coletivo experimental Uvulas Ardientes, seu primeiro projeto autoral no Brasil, ainda nos anos 1980. Depois disso, dedicou-se a compor essencialmente música eletrônica, em várias das suas vertentes, trabalhos apresentados em eventos no Brasil e no Exterior, e cuja maioria pode ser ouvida no seu bandcamp. É membro do Artesanato Furioso, coletivo de práticas experimentais sediado na UFPB. Também tem produzido para ou com vídeo, dança e teatro. O álbum É TUDO VERDADE procura mostrar aspectos da sua produção do campo da música geralmente definida como eletrônica/tecno, porém privilegiando uma estética que absorve elementos vindos da sua bagagem erudita ou experimental...

Tags:  , , , , , , ,          

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

UmQuarto - Por um Fio (2022)...




A gravação ao vivo revela muitos aspectos de um som. O emocional da banda, as técnicas utilizadas, a sincronia entre voz, guitarra, baixo e bateria. Inspirados nessa mistura de caos e música, o UmQuarto lança o single “Por um Fio”, originalmente com 9:17 de duração, mas que, para fins práticos, foi dividida em duas partes – Lado A e Lado B. A canção representa uma nova fase da banda de Florianópolis, que já se prepara para um novo disco, explorando elementos do progressivo e do experimental. “Gostamos de canções que tenham sessões, como se músicas diferentes formassem uma só. A canção tem três partes distintas, mas que geram sensação de uma só. O desafio foi similar a ‘Humans’, gravando tudo ao mesmo tempo, com todos os músicos na mesma sessão. O single ‘Por um Fio’ indica o caminho psicodélico e progressivo que o UmQuarto mostrará no segundo álbum, que será lançado ainda neste semestre.”, explica Mayer, vocalista e baixista do UmQuarto... Continue Lendo no RG

Tags:  , , , ,          

St. Aldo - Esther Building (2022)...




Surgidos de forma despretensiosa na primeira metade dos anos 10, a Aldo The Band lançou “Is Love” (2013), um disco feito “na casa da nossa própria mãe, gravando as vozes no armário”, e se embrenhou na estrada, local em que burilaram seu som com shows intensos e elogiados. Vieram “Giant Flea” (2015), o segundo disco, e a parceria com a gravadora londrina Full Time Hobby, que rendeu o EP “Trembling Eyelids” (2019) e as indicações da faixa título na seleção Single Of The Week da BBC, e do single “Papermaze” (também do EP) sendo tocado como Next Wave Band na BBC Radio 1 (com direito a entrevista!). Então veio a pandemia, e os irmãos André Faria e Murilo Faria decidiram alugar um loft no Edifício Esther, um clássico da arquitetura paulista fincado no coração do centro da capital, na Praça da República (quase ao lado do edifício em que Caetano morou no final dos anos 60, tendo sido preso e conduzido por integrantes da ditadura militar junto a Gilberto Gil, que morava do outro lado da Avenida São Luiz), levando todos os equipamentos e por lá passando 10 dias morando e compondo as novas faixas do novo álbum, num processo de total imersão. Nascia não só “Esther Building”, o terceiro álbum do duo, mas também uma nova banda, a St. Aldo... Continue Lendo no Scream Yell

Tags:  , , , , ,          

quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Ala Mil - Cafonália ou disco da Xuca tocado ao contrário (2021)...




A banda Ala Mil é do litoral de Santa Catarina (entre Itajaí e Balneário Camboriú) que começou com um projeto de experimentação. Desde o começo a proposta foi fazer som instrumental com variadas influências que vão do rock ao jazz, passando pelo groove do funk e ritmos brasileiros e também das camaradas sonoras do dub e do krautrock e nas gravações contamos com músicos amigos da vida e da internet, gente do Brasil e do mundo inteiro, nesse disco que estou te passando por exemplo a maioria das percussões é do músico americano Stevie Kornicks. Temos 5 discos e estamos começando a levantar um repertório pra um sexto e loucos pra tocar por aí e divulgar nosso som...

Tags:  , , , , ,          

Anná - BRASILEIRA (2022)...




A multiartista Anná lançou recentemente seu segundo disco, Brasileira, nas principais plataformas digitais de música. A cantora que debutou em 2017 com o EP Pesada, lança seu novo trabalho após o álbum Colar, de 2020. “Música de colagem” foi a marca registrada da artista mocoquense Anná em seus trabalhos anteriores. Desprender-se de rótulos e linearidades, bem como deixar os gêneros musicais flutuarem em levadas alternantes é um solo fértil muito explorado por Anná. Em Brasileira, as colagens se expandem, assim como a linearidade do tempo e do próprio universo, através do olhar sobre a história da música brasileira das últimas dez décadas... Continue Lendo No Ultraverso

Tags:  , , , ,          

quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Gui Silveiras - Grito Contido (2022)...




 O novo álbum do multiinstrumentista e compositor paulista Gui Silveiras, Voz e violão dão a intensidade do grito contido pelo artista, que gravou o álbum durante a pandemia e agora mostra o trabalho pro publico...

Tags:  , , , , ,          

Marissol Mwaba - NDEKE (2022)...



Download: NDEKE (2022).rar

Aos 30 anos, Marissol Mwaba tem um currículo impressionante. Poucos músicos de Santa Catarina, ou melhor, ninguém conseguiu chegar no território em que a cantora, compositora e multi-instrumentista está pisando. A frase foi escrita no presente, pois essa trajetória ascendente apenas começou. No dia 28 de julho, Marissol divulgou o seu primeiro EP (já tem dois álbuns lançados, em 2015 e 2018), “NDEKE”, que marca a sua estreia oficial como artista da editora e gravadora LAB Fantasma. A brasileira de origem congolesa radicada em Florianópolis já fazia parte do cast do hub de entretenimento que também representa Emicida, Rael, Drik Barbosa, entre outros, mas agora a empresa cuidará da parte comercial para shows, publicidade e marketing de influência, sendo a peça que faltava para a sua carreira levantar voo. E “Ndeke”, que significa pássaro que sabe renascer e voar com liberdade, tem tudo a ver com o momento pelo qual Marissol Mwaba está passando. A inédita “Parece azul”, uma das três faixas do material, que tem produção musical, synths e beats de Iuri Branco (Marina Sena), segue a temática. A artista, que já participou de trabalhos de grandes nomes da música brasileira, como Emicida, participando do álbum “AmarElo”, vencedor do Grammy Latino de 2020, Luedji Luna, Rincon Sapiência, Mano Brown, Chico César, entre outros, trouxe essa comunhão para o EP. Em “Chupando versos”, que ganhou clipe, Marissol tem a companhia do irmão François Muleka, além de Drik Barbosa, Linn da Quebrada e Lucs Romero, enquanto em “MARTE” a cantora colaborou com Tuyo e Mônica Agena... Continue Lendo no Rifferama

Tags:  , , , ,          

terça-feira, 9 de agosto de 2022

Rogério Skylab - Caos e Cosmos 2 (2022)...





 Novo álbum do grande cantor e compositor carioca Rogério Skylab, com 16 faixas autorais da melhor qualidade. Esta é a segunda parte do terceiro volume da trilogia do Cosmos, que or artista vem lançando ao longo de sua carreira...

Tags:  , , , , ,          

Imigrantes - Dores do Mundo (2022)...




A banda Imigrantes foi formada pelo multi-instrumentista Júlio Cesar Benevenuto em Cajamar-SP, Este álbum foi gravado no meio da pandemia com os recursos mais simples possíveis, o disco foi todo gravado e mixado em um pedal de loop Chinês, usando baterias do youtube e sintetizadores e samples de programas de celular. O disco trata-se de uma trilha sonora baseada em uma historia de uma família que foge da fome na etiópia e são escravizados pelo mundo. Tenho como influencia no disco Ennio Morricone, Tommy Guerrero, Shawn Lee, Akalé Webe, Liraz, Kruangbin e varias outras referências da World Music. O disco e uma viagem sonora e sensorial que parte da etiópia e acaba na cumbia colômbia de Abuela....

Tags:  , , , , , , ,          

segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Vitu - Despedida (2022)...

 




Um EP chamado “Despedida” talvez cause estranhamento, mas este também era um dos objetivos do cantor e compositor capixaba Vitu. E o adeus, neste caso, é para a tal da fase ruim que todos parecem estar passando nos últimos tempos. Com quatro faixas que também contam com visualizers, o lançamento marca o fim de um período e o início esperançoso de um novo. “Esse novo trabalho é o meu primeiro EP, a primeira obra completa que lanço, o meu primeiro capítulo. Aqui eu exploro a minha sonoridade e as minhas referências para alcançar o sentimento. Aqui começo a despedida de tempos difíceis que passaram e abro caminho para respirar de novo”, define Vitu, cantor, guitarrista e violonista... Continue Lendo no SiteRG

Tags:  , , , ,