quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Rosa Idiota - Somatic (2018)...




Ótima representante da nova geração do rock baiano (embora seja formada por músicos veteranos da cena), a Rosa Idiota lançou em 2018 seu segundo álbum, Somatic (o primeiro, Circle, foi lançado ano passado), que está disponível nas diversas plataformas digitais, inclusive no YouTube). A banda faz um indie rock com grande influência noventista, com bons riffs, guitarras pesadas e vocais melódicos. Esta sonoridade continua presente nesse segundo lançamento da banda. Em Somatic, o grupo se mantém fiel ao rock de guitarras diretas e letras reflexivas presentes em Circle, mas com vocais mais trabalhados e instrumental mais melódico.O disco começa com “Caustic Dream” que inicia com um uma melodia tranquila, mas logo dá lugar às guitarras distorcidas, com versos bastante incisivos dirigidos a alguém (ou a si mesmo?) que parece se acomodar com determinada situação. A faixa seguinte, “Trapped inside us”, segue a mesma linha, inclusive com a letra igualmente questionadora (que termina com os versos “maybe nothing´s gonna change the fucking world/but we can change ourselves” – em português, algo como “talvez nada vá mudar essa #$%& de mundo/mas nós podemos mudar a nós mesmos”)... VIA
Tags:  , , , ,          

The Baggios - Vulcão (2018)...




Vulcão é o quarto álbum da banda sergipana The Baggios e completa o quarteto formado pela estreia auto-intitulada (2011), Sina (2013) e Brutown (2016). O disco traz também uma mudança na formação do agora trio, com a efetivação do baixista e tecladista Rafael Ramos, que já havia participado do trabalho anterior e passou a ser um integrante oficial do grupo. Completam o time o vocalista e guitarrista Júlio Andrade e o baterista Gabriel Perninha.O que temos em Vulcão é um disco de rock brasileiro na mais pura concepção da palavra, no sentido de que um álbum com a sonoridade encontrada aqui só poderia vir de uma banda natural do Brasil. Ao lado das influências de rock e blues que acompanham o The Baggios desde sempre, encontramos também sons regionais nordestinos, marchinhas de carnaval, repente, MPB, hip hop e o que mais surgir na musicalidade inquieta do trio. Se é possível sentir a presença de Jimmy Page no violão que abre “Em Si Menor”, na mesma intensidade também está ali Jorge Ben mostrando a sua sombra em “Espada de São Jorge”... VIA
Tags:  , , , ,          

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Matheus Torreão - Disco de Estreia (2018)...




Download: Disco de Estreia (2018).zip (ou bandcamp acima)

O cantor e compositor pernambucano Matheus Torreão traz seu lirismo bem humorado com uma sonoridade que se aproxima de uma tropicalidade pop em seu primeiro álbum, já disponível nas plataformas de música digital. O nome do registro, que não deixa espaço para dúvidas é “Disco de estreia de um jovem recifense que venceu um reality show, mudou-se para a República Independente da Bossa Nova, fez um mestrado acadêmico decididamente irrelevante, teve seu instável talento para comédia contratado pela indústria do sitcom e usou todo o dinheiro que ganhou até aqui para gravar nove canções”. O álbum é um lançamento do selo Sagitta Records. O álbum foi construído com produção de Guilherme Lirio e Pedro Dias Carneiro (o Vovô Bebê) e um time de músicos de alto nível - Marcelo Callado, Felipe Pacheco e Joana Queiroz, entre outros - para discutir amores modernos, relações de amizade e a sociedade brasileira. Sempre com um olhar de bom humor e leveza enquanto passeia por diversas referências do artista como o samba, o baião e a tropicália...
Tags:  , , , , ,          

Pitaias - Pitaias EP (2018)...




Com 4 canções autorais gravadas no Museu da Imagem e do Som de São Paulo - via Convocatória LAB MIS Estúdio de Som em 2017 - e também no Estúdio Veredas (São Paulo-SP), Pitaias se coloca como uma obra versátil tanto sonora, quanto liricamente.Com mix e master assinadas por Marcelo Guerreiro, as melodias de “Minha Versão”, “A Maré”, “Eskelética” e “Patuá” vem de referências como os ritmos afro brasileiros, além do pop e de certa pegada rock. Nas letras, as integrantes refletem temas variados, como o amor, a vida em comunidade, a proteção ancestral, o Feminismo e outros encantos mais.A banda resume a mescla multicultural que todo ser brasileiro carrega em seu sangue. Inspiradas na fruta exótica pitaya, que nasce de um cacto, a união dessas seis artistas traz uma surpresa vibrante. Prove dessa musicalidade e deixe-se dançar pelo som saboroso das Pitaias...
Tags:  , , , ,          

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Wasadog - Lure (2018)...



Download: Lure (2018).zip

Ouvindo as canções de Lure, lembro do tempo em que as pessoas implicavam com bandas brasileiras cantando Rock em inglês. Gente que abominava os artistas que insistiam em cantar na linguagem original do estilo, a que se encaixa mais apropriadamente à sua dinâmica e seu significado. Talvez ninguém mais pense nisso, mas é importante notar o tanto de talento que esse pessoal paulistano exibe neste seu primeiro trabalho como Wasadog. Antes, eram The Moondogs e tornaram-se conhecidos pela participação no programa Superstar, da Globo, e por terem aberto shows de Jake Bugg no país, escolhidos pelo próprio, segundo consta. Todo esse passado parece ter ficado décadas para trás quando ouvimos Lure. E isso é ótimo... VIA
Tags:  , , , ,          

Karol Conka - Ambulante (2018)...






Karol Conká está de volta. Cinco anos após o lançamento de Batuk Freak – 9º colocado em nossa lista dos 50 Melhores Discos Nacionais de 2013 –, a rapper curitibana entrega ao público o aguardado segundo álbum de inéditas da carreira. Em Ambulante (2018), obra que conta com produção assinada pelo conterrâneo Boss In Drama, a artista segue de onde parou há meia década, costurando rimas fortes em uma base essencialmente pop.São dez composições em que Conká discute racismo, apropriação cultural, empoderamento feminino, criminalidade, conflitos sociais e as próprias conquistas de forma bem-sucedida. Uma coleção de rimas e vozes que esbarra na obra de artistas como M.I.A. e Santigold, porém, preservando a essência da artista. Entre as composições que integram o disco, Vida Que Vale, Vogue do Gueto e a excelente Kaça, música entregue ao público há poucas semanas... VIA
Tags:  , , , ,          

domingo, 11 de novembro de 2018

João Paulo Saragossa - A Fome Blues (2018)...




Download: A Fome Blues (2018).zip (ou em ouça)

Eis aqui o novo trabalho do compositor João Paulo Saragossa, o João, direto de Ubatuba. São 3 faixas, muitos sentimentos e significados...
Tags:  , , , , , ,          

sábado, 10 de novembro de 2018

weird fingers - quimera (2018)...



Download: quimera (2018).zip (ou va no bandcamp)

"quimera" é o quarto trabalho de weird fingers, projeto encabeçado pelo inquieto garoto Raad Ferreira de Londrina no Paraná. O jovem grava sozinho no celular, em seu quarto, quase que escondido do mundo lá fora. As 6 canções do ep carregam bastante da substância do lo-fi e do slowcore com toques experimentais, criando melodias ora belas e ora esquisitas, com letras carregadas de sentimentalismo e sinceridade, buscando desabafar sobre traumas e memórias ruins, tentando o máximo se cicatrizar das suas dores. Feito pra se ouvir sozinho com fones de ouvido...
Tags:  , , , , ,          

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Naufrágio - Itinerário Cento e Pouco (2018)...




Naufrágio é um projeto curitibano de punk/pos-punk/indie/hardcore/e o que mais precisar. Itinerário Cento e Pouco foi produzido as pressas, em pouco mais de duas semanas, com quase todo o material escrito/gravado/mixado após o segundo turno das eleições de 2018. O motivo da pressa dispensa explicações, definitivamente. Esse disco é um berro. Uma viagem sem chegada e cheia das baldeações, em Indaiatuba, impassível interior de São Paulo, nos cegos confins universitários de Barão Geraldo, nos miolos da patética República de Curitiba, até o topo dos morros imperiais de Petrópolis/RJ. É metade desespero, metade comunhão, metade exaustão, metade frenesi...
Tags:  , , , , ,          

Mulamba - Mulamba (2018)...




Original da cidade de Curitiba, no Paraná, o Mulamba é um coletivo feminino de MPB/rock alternativo formado por Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (baixo, guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (guitarra, baixo e violão). Mais conhecido pelo trabalho pelo single P.U.T.A, música que obteve boa repercussão no YouTube, o sexteto lança agora o primeiro álbum de estúdio da carreira... VIA
Tags:  , , , , ,          

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Omar - Sombras Menores (2018)...





Segundo álbum do músico sul-mato-grossense Omar. Folk, Lo-fi e tristeza. Todas as faixas foram compostas, executadas, gravadas e mixadas por Omar...
Tags:  , , , , , ,          

Mahmed - Sinto Muito (2018)...





Qualquer um que já tenha escutado um registro da banda potiguar Mahmed entende o poder que suas composições têm sobre nós. Em uma mistura indecifrável e precisa de Psicodelia e suavidade, a relativamente curta carreira do grupo sempre pareceu evidenciar a criação universos e paisagens que, apesar de construídos sobre timbres suaves e a ausência de vozes, conseguiam fazer com que nós mergulhássemos profundamente em uma espécie de espaço à deriva de sua sonoridade, deixando nos entregar e confiando plenamente na sabedoria de seus integrantes.Mas o mistério ainda continua. O que, neste coeso constructo, causa esta sensação que é, ao mesmo tempo, inominável, mas também repleto de significados? Tudo poderia encaminhar para uma resposta que abrangesse as sonoridades e timbres escolhidos como causadores disso, porém o novo trabalho parece deixar ainda mais claro que o mistério não fora revelado tão facilmente assim... VIA
Tags:  , , , , , , ,          

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Slim Rimografia - Mr. Dinamite (2018)...




O rapper paulistano SLIM RIMOGRAFIA retorna com o EP “MR. DINAMITE” (Mokado Records). Contendo sete faixas, o trampo é produzido, mixado e masterizado pelo próprio artista em parceria com LR, E-Cologyk e Jhow Produz.O trampo, que você escuta abaixo, também conta com participações de Dee e Talita Amorim e scratchs de DJ Gio Marx...


Tags:  , ,          

Munha da 7 + Baby Lalis - TCHOSE (2018)...




Munha da 7 (Satanique Samba Trio) e sua trupe, renascendo das cinzas do lixo de Brasília em um trabalho doideira. Ouça alto e de fones...
Tags:  , , , , ,          

terça-feira, 6 de novembro de 2018

BK' - Gigantes (2018)...




Após mais de dois anos do lançamento de seu primeiro álbum, o clássico Castelos & Ruínas, os gigantes finalmente chegaram. O segundo álbum solo do rapper BK’, Gigantes, acaba de ser lançado nas principais plataformas de streaming nesta quarta-feira, 31. Antes disso, o artista carioca liberou dois EPs da série Antes dos Gigantes Chegarem, ambos aclamados pelo publico e muito bem recebidos pela crítica. Para dar incio a era Gigantes, o rapper escolheu a faixa “Correria” como primeiro single do disco e o lançou com videoclipe recentemente.Com estes três trabalhos no currículo, sendo um icônico disco considerado um dos melhores dos últimos tempos, e muitas participações relevantes, BK’ se estabeleceu como um dos melhores rappers do cenário nacional e seu novo projeto completo era altamente aguardado. Sobre essa expectativa e o peso de ser um dos melhores, BK’ nos conta... VIA
Tags:  , ,          

Kike Oliveira - EP (2018)...




Download: EP (2018).zip

 Kike Oliveira é cantor e compositor catarinense, natural de Imbituba...
Tags:  , , , ,          

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante - Fundação (2018)...




O grande desafio do Post-Rock é suscitar em seu ouvinte o máximo de epifanias por segundo. Seja a partir da extrema reflexividade expressa em sua sonoridade ou na costumeira ausência de palavras que transfere parte da carga emocional da música para nossa subjetividade, a questão é que este é um gênero transformador, sendo difícil permanecermos os mesmos depois que finalizamos a audição de algum disco sob essa classificação. Entretanto, para a banda paulistana E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante. o desafio que se defronta é um pouco diferente. Seus excelentes EPs e singles nos mostraram que é de fato capaz de traduzir experiências indescritíveis para o ouvinte, principalmente no registro autointitulado de 2013. Porém, na intenção de gravar seu primeiro disco completo, como a banda conseguiria reunir tamanha experiência em um lançamento de tanta importância?... VIA
Tags:  , , , ,          

Froid - Teoria do Ciclo da Água (2018)...




Lá no começo do ano, Froid havia lançado a excelente Teoria do Ciclo da Água, com direito a clipe na MTV e tudo. Na mesma época, o rapper também anunciou que um álbum homônimo estava em produção, deixando a galera com a expectativa a mil. O artista, então, saiu lançando uma faixa atrás da outra, pra já deixar o público familiarizado com o trabalho que viria. Daí, de surpresa, ele lança o álbum na madrugada desta quarta-feira (17/10).Essa estratégia de lançar muita coisa em single antes do disco sair pode parecer estranha, por não deixar espaço para tantas novidades quando o álbum inteiro sai. Mas numa era ditada pelo streaming será que isso faz diferença?... VIA
Tags:  , ,          

domingo, 4 de novembro de 2018

Marcio Teixeira de Mello - Já Há Lindos Relatos de Saques (2018)...




Download: Já Há Lindos Relatos de Saques (2018).zip (bota o mail no bandcamp)

O álbum Já Há Lindos Relatos de Saques, lançado no último dia 13 de outubro pela13Discos e com distribuição da DistroKid, foi criado pelo músico e produtor carioca Marcio Teixeira de Mello entre os anos de 2015 e 2018 com equipamentos digitais mas de sonoridade geralmente analógica – às vezes quase nostálgica. Tem raízes no synthpop de "Sons of the Snake", faixa do álbum de 1985 "Dark Is The Color", do francês Alan Shearer, que também integra a compilação "Space Oddities – A Compilation of Rare European Library Grooves from 1977-1984". As obras de Bruce Haack, Raymond Scott e do também francês Jean-Jacques Perrey são outras referências. Nascido parcialmente da necessidade de uma comunicação não-verbal em tempos em que todo mundo fala e posta demais, o disco de 12 faixas caminha pela eletrônica, às vezes agindo como disseminador de um torto pop 4/4, e é repleto de experimentalismo e mudanças de clima, com o groove e a abstração caminhando ali,bem perto um do outro.Com um total de 40 minutos que acabam passando rápido, Já Há Lindos Relatos de Saques serve como boa trilha sonora ora eufórica, ora contemplativa, para dias de sol, de pequenas compras no supermercado, mas também de neblina, algum medo e celebração do caos urbano. Pode ser uma opção interessante para determinados tipos de festas eletrônicas, sem dúvida, mas deve ser escutado em casa, no escuro, com fones de ouvidos de R$ 19,90 a R$ 2 mil, para melhores resultados...
Tags:  , , , , , ,          

sábado, 3 de novembro de 2018

Arthur Melo - Nhanderuvuçu (2018)...



Download: Nhanderuvuçu (2018).zip (ou vá no bandcamp e bote 0)

Do ambiente bucólico desbravado em Agosto (2017), Arthur Melo vai além. Pouco mais de um ano após o lançamento do primeiro EP de estúdio, o jovem cantor e compositor mineiro está de volta com um novo registro autoral. Em Nhanderuvuçu (2018, La Femme Qui Roule), obra cujo título busca inspiração na força divina da cultura Tupi-Guarani, sentimentos e melodias cuidadosas se entrelaçam de forma mágica, sem pressa. Um lento desvendar de ideias e experiências particulares, como um inevitável convite a se perder em um universo próprio do artista belo-horizontino.Concebido em parceria com o produtor Leonardo Marques e membros do grupo Mineiros da Lua, Nhanderuvuçu se projeta como uma parcial inversão de tudo aquilo que o músico havia testado no registro entregue há poucos meses. Salve exceções, como a derradeira Balada Para Santiago, uma canção de essência atmosférica e entalhes acústicos, todos os elementos do presente álbum se revelam ao público de forma grandiosa, em uma estrutura crescente. São guitarras psicodélicas, espaçadas e fortes, a percussão pontual e versos cíclicos que se espalham de forma complementar. Um imenso turbilhão criativo que muda de direção a todo instante, como se Melo testasse os próprios limites em estúdio... VIA
Tags:  , , , , ,