terça-feira, 16 de julho de 2019

Vhoor - Baile & Trill (2019)...




"VHOOR" Victor Hugo de Oliveira Rodrigues 19 anos é um produtor Belo Horizonte, Brasil. Sua música é uma das melhores combinações entre ritmos futuros...
Tags:  , , , ,          

El Conejo - Tempestade Tropical (2019)...




"Tempestade Tropical" é o novo trabalho do projeto El Conejo, do músico mineiro Bruno Nunes, integrante da Constantina...
Tags:  , , , , , ,          

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Pin Ups - Long Time No See (2019)...




O disco mais recente do Pin Ups era “Lee Marvin”, de 1998. Vinte e um anos depois, a banda mais barulhenta do Brasil nos anos 1990 aparece com um novo trabalho, “Long Time No See”, o sexto da discografia, nesse dia 14 de junho de 2019, via Midsummer Madness.O quarteto Alê Briganti (baixo e vocal), Zé Antônio Algodoal (guitarra e baixo), Adriano Cintra (guitarra, ex-Cansei De Ser Sexy e Thee Butchers ‘Orchestra) e Flávio Cavichioli (bateria) apresenta onze novas canções que fazem a gente correr pro calendário e ver em que ano estamos. Pro Pin Ups, parece que o tempo não passou, ainda estamos todos com vinte anos, sem responsabilidades, podendo encher a cara todo dia e fazer barulho o quanto puder. Boletos são coisas pra um futuro indefinido.No momento em que se aperta “play” na primeira faixa, “You Can Have Anything You Want”, há um inequívoco sabor de nostalgia, mas “Long Time No See” está bem longe de ter um único tempero. Seria um disco bom em 1991, é um disco bom em 2019, porque discos bons não dependem nada de datas. Seria um disco bom feito por pessoas com vinte anos, é um disco bom feito por cinquentões, porque discos bons não dependem de carteira de identidade... VIA
Tags:  , , , ,          

Windows彡96 - Enchanted Instrumentals and Whispers (2019)...





Enchanted Instrumentals and Whispers é o décimo primeiro álbum de estúdio do artista Gabriel Eduardo, conhecido sob o nome de Windows96...
Tags:  , , , , , ,          

domingo, 14 de julho de 2019

HC Radio Rebelde - Programa #03 (Produção Daniel Jesi)...




No terceiro programa do nosso podcasts estranho HC Radio Rebelde, falamos sobre porte de armas, tem uma fala foda sobre a classe média com a Marilena Chauí, tem o Dani Nunes (da constantina/ Lise) falando sobre o processo de composição eletrônica a partir da bateria, o Romulo Fróes falando sobre ter voz nos tempos de hoje (recorte da participação dele no programa do Rogério Skylab), uma linda mensagem do adeus com Rieg Wasa e muito mais!

Além disso, sons de Bravo, Lise, Vitor Brauer (tocando constantina), Passo Torto, entre outros! Agradecemos a participação dos amigos Guilherme Darisbo e Flora Miguel, que te ajudam a entender o que você está ouvindo...

Vinhetas de abertura e finalização retiradas da música "Radio Rebelde", do projeto Defacto.

Produção e edição: Daniel Jesi (@BigJesi)
Criação: Hominis Canidae
LOGO: George Frizzo
Foto de capa: Beto Bravo (por Rafael Passos)
Tags:  , ,          

sábado, 13 de julho de 2019

Aquiles Guimarães - A vida dos nossos animais (2019)...



Download: A vida dos nossos animais (2019).zip (Ou vá em ouça)

“A diferença entre o compositor e o cavalo é que o compositor transforma capim em música”. A diferença entre o compositor usual e o experimentador é que o experimentador transforma qualquer coisa em música, seja o capim, seja o cavalo. Aquiles Guimarães partiu de uma premissa inusitada: “utilizou como material sonoro regravações de áudio de vídeos do YouTube onde animais tocam instrumentos e cantam”.A curiosidade em torno da experiência já vale a experiência em si, mas o resultado está pra além da mera curiosidade. Guimarães consegue nos trinta minutos de “A Vida Dos Nossos Animais” um interessante resultado que mistura pianos aleatórios, onomatopeicos cânticos de animais, um bocado de nonsense, e acarreta uma certa coesão. Mas, veja, nada é o que parece ser, embora tudo possa ser.“Este trabalho é uma obra de ficção, qualquer dessemelhança com nomes, pessoas, animais, fatos ou situações terá sido uma mera coincidência”, diz o autor. Os nomes, os textos, os executores, tudo faz parte da loucura que envolve a obra. “Procurei, sempre que possível e com algumas exceções, a intervenção mínima, para que os gestos em questão fossem fielmente apresentados”, escreve o autor no livreto que acompanha o disco – livreto essencial pra compreender a viagem da proposta (a frase do compositor e do cavalo, que abre este texto, é atribuída a um inventado Gustave Charpéntier)... VIA
Tags:  , , , ,          

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Pelé MilFlows - Louco de Amor (2019)...




Nesta semana o bate-papo rolou soltou com o rapper Pelé Milflows.O músico, também vocalista do grupo 1Kilo, conversou com o KBOING e contou a respeito do seu novo momento, projetos futuros e a produção do seu mais recente EP "Louco de Amor", trabalho que narra sentimentos e pensamentos sobre o amor, além de retratar as desilusões amorosas vividas... VIA
Tags:  , ,          

Gustavo Garde - Escudo do Leste (2019)...





Gustavo Garde é cantor, compositor, produtor musical, professor de canto e vocalista das bandas Seychelles e Sunset. Escudo do Leste é o quinto álbum solo do cantor e compositor. Gravado no estúdio Mato Records em dezembro de 2018...
Tags:  , , , ,          

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Tita Lima - Titanium (2019)...




A cantora e compositora brasileira Tita Lima está lançando seu novo álbum chamado Titanium, disponível em todas as principais plataformas de streaming. Depois de um longo hiato em sua carreira solo desde os lançamentos de 11:11 (2007) e Possibilidades (2010), ela retorna com muito mais confiança nas composições. Uma mistura saborosa de música pop, reggae, rock e soul, o álbum reflete a jornada e transformação de Tita após um acidente que sofreu em 2015.“O titânio não só representa a resistência, ele também foi usado para reconfigurar o lado direito do meu corpo sendo implantado na minha perna, ombro e braço. Sinto-me fortalecida, com mais mobilidade e totalmente grata por andar e dançar de novo”, disse ela. Foi um grande alerta e, definitivamente, um renascimento. “Usei essa longa pausa para fortalecer meu apreço pela vida e pela música”.Titanium foi gravado com banda ao vivo no estúdio Plug In em SP e é uma das últimas contribuições do nosso admirado e talentoso produtor, Carlos Eduardo Miranda, falecido em 2018...
Tags:  , , , , , ,          

Thiago David - Ilha (2019)...




Download: Ilha (2019).zip

ILHA é um estado de espírito.
O isolamento em si.
Um deserto rodeado de água-tristeza.
Quem tenta sair, se afoga.
Quem fica, congela.
Não há terra para chamar de casa.
Não há conforto, nem descanso, nem poesia.
Há apenas a beira da loucura, a saudade e a voz que soa, mas não se escuta.
ILHA é a saudade de um gosto bom que não se pode sentir mais...

Thiago David
Tags:  , , , , ,          

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Imperador Sem Teto - Lado A (2019)...




Há cerca de um ano, Sobrevivendo no Inferno foi selecionado como obra obrigatória do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), sendo posteriormente transposto aos livros pela Companhia das Letras, obra que ganhou novos contornos com o texto de apresentação de Acauam Silvério de Oliveira, professor de Literatura da Universidade de Pernambuco.Em um dos trechos do texto de apresentação, Acauam procura traduzir para o leitor o impacto no cenário nacional de Sobrevivendo no Inferno. O professor coloca a obra em pé de igualdade a Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis) e Terra em Transe (Glauber Rocha), por exemplo. Também cita o ensaísta Francisco Bosco, para quem a obra fez com que os debates identitários extrapolassem as fronteiras da academia e dos movimentos sociais.Sobrevivendo no Inferno deu novos contornos ao termo “periferia”, como aponta o sociólogo Tiaraju D’Andrea. Não apenas mais um signo de pobreza e violência, mas, também, cultura e potência. Ou seja, estamos, desde então, diante de novas elaborações coletivas de referência à periferia. Ainda que à margem, agora esses cidadãos periféricos se apropriam de sua própria imagem, construíram uma voz própria. Dessa nova realidade surge a Imperador Sem Teto, de Curitiba, mas também das periferias do Brasil... VIA
Tags:  , ,          

Rios Voadores - Rios Voadores na Era Sinistroyka (2019)...




A banda brasiliense Rios Voadores lança, nesta sexta-feira, o segundo disco da carreira: Rios Voadores na Era Sinistroyka. Com 10 faixas, o álbum está disponível em todas as plataformas de streaming. Para celebrar o lançamento, o grupo promove show no Picnik Festival, no dia 10 de agosto. No palco, Gaivota Naves (vocal), Marcelo Moura (guitarra e vocal), Tarso Jones (vocal e teclados), Beto Ramos (baixo) e Hélio Miranda (bateria) mostram um som que busca referências no soul, indie rock e até MPB.O disco foi gravado entre fevereiro e março de 2019, na Sala Fumarte (não confundir com a Funarte) e na Casacajá, com produção e mixagem de Gustavo Halfed e masterização de Felipe Tichauer... VIA
Tags:  , , , ,          

terça-feira, 9 de julho de 2019

Dead Fish - Ponto Cego (2019)...




O Dead Fish é um dos maiores patrimônios do hardcore brasileiro. Com 28 anos de carreira, a banda capixaba segue viva, tendo como marca de sua longa carreira a entrega, de corpo e alma, em apresentações enérgicas Brasil à fora e a produção de discos relevantes que, geralmente, trazem à tona retratos políticos/sociais do país que afrontam o status quo. E o disco mais recente, “Ponto Cego” (2019, Deck Disc), é a prova disso.Lançado no final de maio, o oitavo (e urgente) álbum do grupo mantém a sonoridade clássica da banda, mas traz em suas letras uma análise pontual do momento nefasto e de retrocesso que o Brasil vive atualmente. E ainda crava que não há outro caminho a não ser o enfrentamento ante as ideias de extrema direita que imperam em nosso país.Da primeira vez que conversou com o Scream & Yell, em 2011, após um show no Praia Tênis Clube, de Vitória, sua terra natal, Rodrigo Lima louvou a vida na estrada como continua louvando em 2019, e já defendia naqueles dias algo que hoje virou pauta nacional: “Achar que o mundo está maravilhoso porque agora podemos comprar carros em 72 prestações é muito perigoso. Eu só estarei satisfeito quando a gente tiver educação e saúde gratuita e de qualidade para todos. Isso ainda está longe de acontecer”... VIA
Tags:  , , , ,          

Menestrel - Pêndulo EP (2019)...




Tido como uma das maiores promessas do hip hop no passado, Menestrel mostrou seu grande potencial no álbum de estreia “Relicário”, que abriu diversas portas para o rapper de Brasília junto com sua participação no projeto “Poetas no Topo”. O artista vinha liberando alguns singles recentemente que chamaram atenção e no último final de semana finalmente seu novo projeto chegou nas ruas para a alegria de todos os seus fãs.Chamado de “Pêndulo”, o EP de Menestrel aborda inúmeras formas de ver a ação do tempo em sentimentos cotidianos, o trabalho artístico consiste em 4 faixa, totalizando 14 minutos, que perpassam por suas reflexões, vivências amorosas, arrependimentos e finaliza objetivando o futuro. As faixas “Sufocado” e “Iluminado” contam com a produção de Slim Beats, do selo Pineapple Storm, mesmo produtor de “Relicário” e “Candelablo”, músicas de maiores sucessos de sua carreira... VIA
Tags:  , ,          

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Komunga - Komunga (2019)...




Download:  Komunga (2019).zip

“Aqui está faltando uma flor! Aqui está faltando uma flor! Disse o Caboclo das Sete Encruzilhadas, que veio de pé no chão convidar a todos: Vem pra Saravá!”. É com esta convocação que a faixa “Vem pra Saravá!” abre o novo álbum do Komunga, duo de eletro pop de São José dos Campos (SP), que lançou este mês o trabalho homônimo em todas as plataformas digitais. O álbum Komunga é um projeto contemplado pelo Edital 24/2018 do Programa de Ação Cultural – PROAC, “Concurso de apoio a projetos gravação de álbum inédito com apresentação de espetáculos de música alternativa ou eletrônica no estado de São Paulo”. O lançamento é feito via o selo Bigorna Discos.Formada pelos músicos Julio Rhazec e Lucas Baumgratz, a dupla apresenta neste trabalho de estreia sete faixas autorais, partindo de uma proposta sonora e performática inspirada em elementos vindos do afrofuturismo e do tecnoxamanismo. A produção musical e a composição das letras de todo o EP foi realizada de modo conjunto por ambos os integrantes...
Tags:  , , , ,          

Chico Bernardes - Chico Bernardes (2019)...




Letras existencialistas, melodias entristecidas e instantes de profunda contemplação. Para a produção do primeiro álbum de estúdio da carreira, o cantor e compositor Chico Bernardes decidiu transformar as próprias inquietações no principal componente criativo para o fortalecimento dos versos. Um crescente turbilhão sentimental e poético que não apenas externaliza alguns dos principais conflitos do jovem artista, como dialoga de forma sensível com a obra de estrangeiros como Joni Mitchell e Neil Young, algumas de suas principais referências criativas.Filho de Maurício Pereira (Os Mulheres Negras) e irmão de Tim Bernardes (O Terno), o músico paulistano pouco se distancia do som produzido pelos demais integrantes da família. De fato, difícil passear pelas canções do presente disco e não lembrar do som produzido pelo próprio irmão, no delicado Recomeçar (2017). Composições que ora apontam para o folk psicodélico de nomes como Fleet Foxes e Grizzly Bear, ora dialogam com a obra do maldito Sérgio Sampaio e demais representantes da música brasileira nos anos 1970. Um misto de passado e presente, delírio e clareza, estrutura que orienta a experiência do ouvinte até o último instante do trabalho, em Esse Navio... VIA
Tags:  , , , , ,          

domingo, 7 de julho de 2019

eletrocactus - o mar acatou (2019)...




Download: o mar acatou (2019).zip (ou vá no site ou badcamp acima)

A Eletrocactus é uma banda cearense atualmente formada por Roberto César e Gleuci Rocha, vocais e percussão, Gledson Rocha na guitarra, Wesdley Vasconcelos no contrabaixo, Danilo Gurgel tocando teclado e sanfona e Miguel Ângelo na bateria.O nome "cactus" sugere as estradas regionais que a banda percorre nesse meio musical. Faz nove anos desde que a Eletrocactus lançou seu debut, "O Dia Em Que a Fome Morreu de Sede", cheio de influências do dito regionalismo, do rock e psicodelismo. Se no primeiro álbum esse mix se mostrou bem temperado tal como a saborosa comida caipira feita no sertão, no segundo disco "O Mar Acatou" as referências vieram ainda mais pronunciadas... VIA
Tags:  , , , , ,          

sábado, 6 de julho de 2019

mafius - tela azul (2019)...



Download: tela azul (2019).zip (ou vá no bandcamp acima)

Tela Azul (2019), esse é o título do primeiro EP de inéditas do cantor e compositor mineiro Mafius. Em produção desde o último ano, quando revelou ao público a ótima Trânsitos Astrológicos, o trabalho de apenas seis faixas e distribuição pelo selo/coletivo Geração Perdida de Minas Gerais, se aprofunda em inquietações existencialistas, relacionamentos fracassados e momentos de profunda contemplação. Um exercício de evidente entrega sentimental, estímulo para os pouco mais de 20 minutos e seis faixas que orientam a experiência do ouvinte até o último instante da obra.Concebido de forma caseira, o trabalho que ainda conta com a já conhecida Estocolmo, entregue ao público em março deste ano, dialoga de forma explícita com a obra de outros representantes do rock lo-fi brasileiro, como Terno Rei, Raça e El Toro Fuerte. Para a produção do álbum, Mafius contou com a colaboração de nomes como Fernando Motta (guitarra e baixo), Pedro Flores (guitarra e baixo), Celso Sorc (guitarra), Gabriel Eliott (guitarra), Guilherme França (baixo) e Nickolas Marchioretto (bateria). Quem assina a imagem de capa do EP é Popoto Martins Ferreira... VIA
Tags:  , , , , , ,          

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Marcos Valle - Sempre (2019)...




Marcos Valle é um dos mestres da Bossa Nova, mas ele nunca foi “apenas” isso. Sua carreira nos anos 1970 sofreu uma mutação estética e incorporou elementos da música pop americana, especialmente do AOR e do funk e tornou-se algo único dentro dos parâmetros brasileiros. Sendo assim, Marcos pode contar, por exemplo, com “Samba de Verão” e “Estrelar” em seu currículo, dois hits impressionantes e muito, muito diferentes entre si. Sendo assim, Valle é muitos ao mesmo tempo e “Sempre” é um disco que privilegia largamente esse artista com musicalidade funky, jazzy e, ao mesmo tempo, extremamente brasileira/carioca. É uma festa para admiradores de sua fluência como músico e como arranjador/produtor. Também funciona como uma espécie de ensaio sobre um Rio de Janeiro harmonioso e pós-Bossa Nova, que, infelizmente, nunca existiu.Entrevistei Marcos Valle há pouco tempo (leia aqui) e ele disse que não tinha medo de remixes, versões alternativas e demais itens da cultura da pop music pós-anos 1970. “Sempre” é um disco perfeito para este tipo de abordagem, tanto que Valle já oferece as versões instrumentais de duas faixas – “Alma” e “Minha Romã” – lá no fim do tracklist, mostrando que o renascimento experimentado por ele nos anos 1990, via cena acid funk londrina, é uma parte importantíssima de sua carreira, talvez mesmo uma nova mutação estética. Não espanta que o selo Far Out Records, responsável direto por isso, esteja novamente assinando o lançamento no exterior. Com Valle está um representante de outro renascido do período, o grupo tijucano Azymuth, cujo baixista, Alex Malheiros, o acompanha em “Sempre” e, junto com gente como Armando Marçal, Jesse Sadock e o co- produtor Daniel Maunick, fornece a base jazz/funk necessária para que as faixas soem como verdadeiros colossos de groove. É uma festa para os ouvidos... VIA
Tags:  , , , , , ,          

Allën - Sagaz EP (2019)...




O DJ e produtor Allën lança o EP “Sagaz”...
Tags:  , ,