segunda-feira, 12 de abril de 2021

O Hipertrópico - Hipertrópico (2020)...




Vestidos em diversas combinações de camisas brancas e calças escuras, cinco rapazes se movimentam de forma enérgica pelo pequeno palco, sob luzes que se alternam entre tons de rosa, amarelo e verde enquanto ilustrações caleidoscópicas são projetadas no pano branco estendido ao fundo. Só falta uma coisa: o público. Mas nem isso é capaz de abalar a animação de O Hipertrópico. Formado em 2019 em Londrina, Paraná como um projeto com Fernando Cacciolari nos vocais principais e Vinícius Carneiro na guitarra, o grupo conta hoje também com Rafael Félix nos sopros, Roberto Moreira no baixo, e Pedro Lot na bateria. Em entrevista exclusiva ao ROCKNBOLD, a banda conversou sobre inspirações, processos e como eles mal podem esperar para finalmente se apresentarem em frente a uma plateia ao vivo. A ideia para O Hipertrópico veio enquanto Cacciolari morava na Itália e compôs algumas letras como forma de registrar sentimentos daquele período e matar as saudades da terra natal. Ao retornar ao Brasil, procurou Carneiro, amigo de longa data, para ver como poderiam desenvolver aquele material... Leia mais no ROcknBold

Tags:  , , , , ,          

Clara Lima - Só sei falar de Amor (2021)...




Artistas firmam o seu nome de modos distintos durante a sua trajetória e a caminhada da mineira Clara Lima tem buscado assentar o seu nome dentro da cultura nacional com trabalhos que merecem atenção. Clarinha, como é carinhosamente chamada, tem uma caminhada que nos remete às batalhas de rima e a DV Tribo, coletivo que a apresentou ao país. Aí já se vão muitos anos, de uma jovem artista que de lá pra cá tem de modo solo buscado construir seu próprio nome. Porém, ao contrário dos seus antigos parceiros de grupo, Clara Lima não é um nome facilmente identificável quando se trata de apontar um estilo, apesar de ser uma artista ampla conhecida... Leia mais no Oganpazan

Tags:  , ,          

domingo, 11 de abril de 2021

Stenamina Boat - Chuva Imóvel (2021)...



Download: Chuva Imóvel (2021).zip (ou vá em ouça e bote o mail)

Formado originalmente em 2013, o “Stenamina Boat” se apropria do poema de Roberto Piva para batizar a sua viagem psicodélica pelo post-punk com influência do indie rock dos anos 90. Formado pelos veteranos “Carlos Rodrigues” (Baixo), “Igor Vieira” (Guitarra), “Márcio Calixto” (Voz e Guitarras) & “Rogério Meni” (Bateria), a banda lança seu novo Ep “Chuva Imóvel”. O novo trabalho do “Stenamina Boat” une mais uma vez as letras oníricas e surrealistas de “Calixto” (sempre em erupção com seu magma poético) com a musicalidade refinada e elegante já conhecida do quarteto. “Chuva Imóvel” reúne quatro canções que refletem muito do que já foi produzido no post-punk mundial, revisitando a psicodelia do Paisley Underground (que foi muito popular em Los Angeles nos anos 80), mas sem esquecer os guitarristas do universo alternativo da década de 90...

Tags:  , , , , , ,          

sábado, 10 de abril de 2021

Nosso Querido Figueiredo - Metáfora EP (2021)...



Download: Metáfora (2021).zip (ou vá no bandcamp acima)

Três músicas, duas originais, uma versão. O EP “Metáfora”, do Nosso Querido Figueiredo, lançado em 6 de abril de 2021, foi, de acordo com Matheus Borges, a mente por trás do projeto, gravado ao longo dos últimos dez meses: “desnecessário dizer que foram influenciadas pela pandemia, pelo isolamento, pelo perpétuo fim de mundo que nos assola”. “Faz tanto tempo / que eu estou / aqui trancado / e isso não é / uma metáfora / não há figura / de linguagem / que dê conta / da realidade”, ele canta (ou tenta) na faixa-título. “De que importa / como eu me sinto?”, ele encerra. Borges, em sua simplicidade, é, fácil, uma dos letristas mais perspicazes atualmente no Brasil, pena que habite no subterrâneo da música... Leia mais no Flogase

Tags:  , , , , ,          

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Febem & CESRV - JOVEM OG (2021)...




Dono de uma seleção de obras que se acumulam ao longo da última década, Felipe Desiderio, o Febem, entrega ao público um novo trabalho de estúdio. Intitulado Jovem OG (2021), o sucessor do ótimo Running (2019) traz de volta a criativa combinação entre as batidas do produtor Cesrv com as rimas do rapper paulistano, conceito bastante evidente no material apresentado há poucos meses, em Brime! – 11º colocado em nossa lista com Os 30 Melhores Discos Brasileiros de 2020. Canções que passeiam pelas periferias brasileiras, porém, sempre pontuadas por momentos de evidente celebração. Assim como o álbum anterior, Febem prepara o disco para a chegada de um time seleto de colaboradores vindo de diferentes campos da cena brasileira... Leia mais no Miojo Indie

Tags:  , , , , ,          

Chico Chico & João Mantuano - Chico Chico & João Mantuano (2021)...




No ano passado Chico Chico lançou o álbum Onde? em parceria com Fran e apesar do filho de Cássia Eller ter lançado em 2015 seu primeiro disco de estúdio, 2×0 Vargem Alta, foi a primeira oportunidade de ouvir o trabalho do músico. Nesta sexta-feira (26/02) carioca Francisco Ribeiro Eller (Chico Chico) junto ao conterrâneo e amigo de longa data João Mantuano lança um novo disco via Toca Discos. Com produção de Felipe Rodarte e mixagem Raphael Dieguez, o álbum foi gravado no Estúdio Toca do Bandido (Rio de Janeiro) e conta com 12 faixa, algumas já disponibilizadas previamente. “Esse é o resultado de três anos de trabalho numa banda que acumula quase 20 anos de amizade e um pouco mais do que isso de vivência em nossas individualidades urbanas. Por vezes doce, quase sempre ácida. Esse disco é sobre isso”, conta Chico Chico... Leia mais no Hits Perdidos

Tags:  , , , ,          

quinta-feira, 8 de abril de 2021

DNGUNI - Cascavel (2021)...




O disco de DNGUNI chegou ontem às plataformas digitais, Cascavel (2021) é a estréia de um artista das ruas vivendo os corres e a cultura hip hop com muita intensidade e bastante verdade. Este álbum de estreia do MC baiano, que tem apenas pouco mais de 2 anos na cena, foi precedido por duas mixtapes DNGUNI (2019) e Exôdo (2020) e diversos audiovisuais muito bem dirigidos por Ramires AX, tudo isso num curto espaço de tempo. A qualidade e a intensidade deste último trabalho e o nível técnico que o artista vem alcançando podem ser rastreados através dos trabalhos anteriores. Em um cenário onde pipocam “trap stars” e “drill makers” se fazendo no banheiro, meninos rimando em cima de beats sem nenhuma vivência e masturbando clichês, a música e a concepção estética que DNGUNI vem desenvolvendo é realmente venenosa. Ao longo de suas faixas lançadas nas mixtapes e nos seus audiovisuais e singles, percebemos com tranquilidade um artista verdadeiro. Com uma forma própria de compor suas vivências, um vocabulário cru das ruas e das quebradas, filtrado por ideias pan-africanistas, que ao entrar na sintonia do trap e do drill se apropria e singulariza estes subgêneros... Leia mais no Oganpazan

Tags:  , ,          

Henrique Lott - Segundo Lott (2020)...




Este é o segundo álbum do artista pop/mpb carioca Henrique Lott. "Segundo Lott" tem 9 faixas, todas na base do violão e gravadas no quarto dele durante a pandemia, com letras de diversos temas e pegada pop...

 

Tags:  , , , , ,          

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Y3ll - Coletânea - Art Inpopular (2021)...




"Cê acha que Noiz vai ligar ? Noiz é INpopular " Com essa afirmação Y3ll =Yell ou melhor Daniel Oliveira Silva 24 anos diretamente da zona leste de sp mais precisamente do bairro Prestes Maia extremo leste. E traz consigo essa afirmação de ser desconhecido ou Inpopular como ele msm diz com alguns sons lançados entre eles o album colaborativo com Sloope...

Tags:  , , ,          

THIS LONELY CROWD – Bellelouder (2021)...




Poucas bandas no cenário independente brasileiro trabalham tão bem os contrastes como o This Lonely Crowd. Ao longo da discografia do grupo, não é difícil encontrar melodias delicadas flutuando por paredes de guitarras sujas, densas, guiadas por um acompanhamento rítmico pulsante. Também são muitos os momentos introspectivos nas canções da banda, em que a paz muitas vezes é rompida por guitarras gigantes, repletas de fuzz. Bellelouder, o sétimo álbum do This Lonely Crowd, aumenta a distância entre os extremos da música do quinteto. Em 47 minutos distribuídos por 9 faixas, a banda apresenta algumas das canções mais pesadas e angustiantes da carreira, sempre contrapostas a momentos de quietude que provam a habilidade dos curitibanos de trabalhar a dinâmica em suas composições... Leia mais no site da sinewave

Tags:  , , , , , , ,          

terça-feira, 6 de abril de 2021

troia - Tempestade Que Vai Calmaria Que Vem (2021)...




Troia faz com que cada uma de suas representações, assim como tais epopeias, sejam únicas e despertam em quem as ouve, as mais diversas sensações. O grupo mistura diversas influências musicais e artísticas, a fim de trazer à tona uma experiência única, em misto de suave e pesado, afável e inquietante. A banda  acaba de lançar seu novo disco intitulado “Tempestade Que Vai Calmaria Que Vem” em todas as plataformas de streaming pelo selo Kind Music. Inspirados no poema épico Ilíada, construído sob uma métrica rítmica e entoado em representações artísticas pelos Aedros, que narravam cinquenta e um dias do décimo e último ano da guerra pela conquista da cidade de Tróia, o quinteto formado por João Hesperus (Vocais); Yan Lobo (Guitarra); Breno Romasanta (Baixo/Vocais); Marcelo Ramos (Bateria); Nowan Ruteman (Guitarra), segue inovando em suas composições e inspirações estéticas... Leia mais no Midiorama

Tags:  , , , ,          

Monise Borges - Não Vão nos Calar (2021)...




Após lançar o single Memoriar no final de 2020, a cantora e compositora Monise Borges lança mais um trabalho, dessa vez o EP “Não vão nos calar”, disponível em todas as plataformas musicais, que evoca sentimentos profundos que atravessam a artista e tantas outras mulheres que vivenciam diariamente múltiplas violências. O tema é abordado pela artista com muita sensibilidade e precisão, pois se trata de uma luta que se torna coletiva e que acompanha a história das mulheres desde o nascimento. A capa do EP é assinada pela artista visual Mika, e é uma homenagem às mulheres que inspiraram e inspiram Monise desde o nascimento, a capa é uma representação da artista com sua mãe e avó. “Infelizmente as pessoas julgam as vítimas, elas nunca vão olhar para os abusadores, assediadores. E esse EP é uma espécie de manifesto, pois eu trago alguns assuntos que me incomodaram ao longo da vida e o nome do EP já diz tudo: não vão nos calar!”, crava Monise Borges. Para a artista esse EP é um trabalho artístico, mas que assume uma postura política justamente por questionar valores que acabam invisibilizando as mulheres, colocando-as em espaços de submissão. As músicas do EP tratam sobre temas como relacionamentos abusivos e as demais violências que são fruto dos absurdos causados pelos seus algozes alimentados pelo machismo e patriarcado... Leia mais no Geleia Total

Tags:  , , , , ,          

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Dami - Um Som (2021)...




A beleza das notas é magnífica. O sonido reverbera muito da riqueza musical da nossa terra, do país Brasil que, com certeza, é um dos melhores quando se trata de música instrumental. “Um Som” não é apenas um som, é um apanhado de sensações proporcionadas por acordes tão lindos e, por vezes, singelos. É uma viagem, uma longa, bela e gostosa viagem, como se fosse toda percorrida de trem, a famosa Maria Fumaça que corta as montanhas verdes de Minas Gerais até chegar as rochosas montanhas do Tibete. Por todo caminho somos abarcados pelas sonoridades límpidas e abonados de muita versatilidade e virtuose, pois não apenas Dami, mas todos os músicos que participaram da composição do disco alcançaram um elevado nível de competência técnica para distribuir as notas e acordes tão perfeitamente, formando paisagens sonoras dignas de grandes mestres da música popular instrumental... Leia mais no Polvo Manco

Tags:  , , , , , ,          

KBrum - Sabe Quem ta de volta? (2021)...




 Ao mesmo tempo que o KBrum decidiu voltar a viver intensamente da música, uma pandemia deus as caras. Aí, não teve outro jeito: os planos tiveram que ser ajustados. Observando o caos causado por uma doença desconhecida e a corriqueira brutalidade contra o povo preto, o MC se isolou para colocar suas visões no papel. Se juntou ao time de produção da Brasil Grime Show, e começou a arquitetar o EP “Sabe Quem Tá de Volta?” Depois de todos as bases prontas, KBrum se isolou em Guapimirim, no Rio de Janeiro,para captaz as vozes e produzir o maior quantidade de conteúdo possível. A música que abre o EP, “Voltei”, foi a primeira a ficar pronta. Nela, é possível observar o direcionamento do trabalho e o sentimento do rapper naquele momento. “Voltei voltei / Mais forte que nunca, voltei / Cheio de ódio, voltei / Sangue nos olhos / Voltei pra ficar / Vários voltaram a traficar […] O meu retorno é de Jamaica”... Leia mais no RAPresentando

Tags:  , , ,          

domingo, 4 de abril de 2021

Personas - Das Luzes Que Se Fundem Com a Manhã (2021)...



Download: Das Luzes Que Se Fundem Com a Manhã (2021).zip (Se der erro, bote o mail no bandcamp acima)

A sentimentalidade tende a se aflorar durante o isolamento social. Essa é a premissa que guia o novo EP da banda Personas: Das Luzes Que Se Fundem com a Manhã. A obra dialoga com o rock alternativo contemporâneo enquanto revive a música emo, com pitadas de shoegaze e dream pop. O repertório inclui os singles Frio da Madrugada, Brado e E Eu Me Desespero Facilmente, além das faixas Talvez, Entrelaços e Mar de Problemas. O lançamento chega às plataformas de streaming através do selo Bangue Records... Continue Lendo no Portal Nine

Tags:  , , , , ,          

sábado, 3 de abril de 2021

Caíque, o Jorg & Carlos PXT - Toca de Bicho (2021)...



Download: Toca de Bicho (2021).zip (ou vá no bandcamp acima)

As cores fortes e os monstros na capa já anunciam; “Toca de Bicho” está cheio de boas surpresas. Caíque Guimarães agora assina Caíque, o Jorg e traz novidades sonoras na parceria com o DJ e produtor Carlos Peixoto. São três faixas inéditas compostas e produzidas de forma remota, seguindo o novo estilo imposto pelos tempos de pandemia. “O formato se encaixa com a empreitada que eu e Carlos resolvemos fazer nesse período, onde os encontros e ensaios praticamente não existem e tudo tem de ser feito virtualmente. Acredito que para o modo que as pessoas estão consumindo música esse registro curto e dinâmico funciona melhor do que um disco inteiro, veio a calhar”, diz Caíque... Leia mais no Sonora TV

Tags:  , , , , , ,          

sexta-feira, 2 de abril de 2021

BaianaSystem - Recital Instrumental (2021)...





 O navio pirata do BaianaSystem atraca mais uma vez, agora fazendo sua segunda parada. Nesta sexta-feira (5), a banda lança o segundo ato de “OXEAXEEXU“, álbum de estúdio entregue ao público em três seguimentos. No meio dessa viagem, o grupo se volta para a rota afrolatina e seus respectivos “afluentes”, dando origem ao que chama de “Recital Instrumental”. Com camadas e texturas, as faixas destacam mais uma vez o cuidado dos criadores com a parte instrumental. Nessa história, os sons vem de todas as direções e possuem o poder de comunicar com tanta efetividade quanto a palavra – aqui, em certos momentos, uma mera coadjuvante. Entre cordas, metais, percussão, synths e beats, abre-se uma porta no horizonte. Quem sabe, a esperança de atracar em um novo porto: a América do Sol... Leia mais no Papel Pop

Tags:  , , , , ,          

Afago & Motim 13 - 3645 (2021)...




Download: 3645 (2021).rar

3645, um split que traz Afago e Motim 13, mostra toda a força do hardcore do interior baiano e a união do hardcore no estado. Pojuca é uma cidade interiorana que fica a cerca de uma hora da capital baiana, sua economia sempre foi baseada na extração de ferro e petróleo. Pelo fato da cidade ficar próxima a capital seu comércio sempre foi fraco, até pelo fato de ter proximidade com a cidade de Alagoinhas, que tem um centro comercial mais forte. Com um comércio fraco e sua maior fonte de renda em declínio, Pojuca passa por diversos problemas sociais, sendo considerada, inclusive, um dos berços da facção Bonde Do Maluco, não fugindo da lógica de quando o Estado abre lacunas o poder paralelo as preenche. O punk nasceu em 77, em meio a cena underground de Nova York, mas sua versão mais contestadora veio de uma Londres arrasada economicamente. Já o hardcore, a versão mais agressiva do punk, aparece em meio a violência policial da Polícia de Los Angeles e uma Nova York que mais parecia um campo de batalha, com problemas sociais e altas taxas de violência... Continue Lendo no Oganpazan

Tags:  , , , , ,          

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Luma Schiavon - Minha Lucidez é Minha Ruína (2021)...




Do folk ao blues, da música brasileira ao rock, passando pelo indie e o experimentalismo, ao legado d’O Clube da Esquina, a cantora e compositora Luma Schiavon faz sua estreia com o EP “Minha Lucidez É Minha Ruína”, primeiro trabalho de estúdio da artista mineira. O álbum vem para consolidar uma trajetória iniciada há quase uma década. Se antes Luma se dedicava a interpretar canções de outros compositores e a acompanhar outros artistas no palco, agora ela assume protagonismo do próprio trabalho com um EP plural e confessional, já disponível para streaming.... Continue lendo no Boomerang Music

Tags:  , , , ,          

Schnneider - Degradê (2018)...




Gravado, mixado e masterizado na Outra Vibe Records, Schnneider veio mantendo sua base sonora, mas sofistica arranjos, para faixas delicadas elevando em um degrade para faixas mais pesadas. As variadas emoções provocadas por cicatrizes orientaram a escolha de repertório do primeiro EP do rapper Schnneider. Degradê chega para o público, em Dezembro deste ano, trazendo 8 faixas numa transição do delicado ao trash. Após lançamento de vários singles e projetos como o “Cordel Marginal”, esse EP foi um projeto que vinha sendo amadurecido no último ano. Assumindo a direção artística por Lázaro Júnior (Carpe) e produção musical por (HTTP, KERDA L.A, DASH, SATIVO) em seu novo trabalho, Schnneider esteve à frente de todo o processo produtivo, da escolha de repertório até a composição de arranjos... Leia mais no Polifonia Periférica

Tags:  , , ,          

quarta-feira, 31 de março de 2021

Hominis Canidae #130 - Março (2021)...

 




Download: Hominis Canidae #130 - Março (2021).zip (ou vá no bandcamp acima)

Finalmente chegamos ao fim de março, um mês eterno, que só aumentou no caos Brasil pandemico desgovernado. Tá muito dificil viver no Brasil. Produzir e trabalhar também. Por isso, preciso tirar o chápeu pra música brasileira. Seja ela profissional ou independente. Mais de um ano sem sbows, vários projetos surgindos, seja pela saude mental dos envolvidos ou pela vontade de fazer arte. E música salva vidas sim!

A nossa #Coleta130, vem cheia de novidades da música brasileira de norte a sul. São 17 faixas de diversos estilos, boa parte delas de lançamentos deste ano (sacai o setlist). A faixa inédita que fecha a nossa mix, é o novo single do projeto de ragga/ dub eletrônico paraibano Amaro Mann. Projeto solo do músico Leo Marinho, das bandas Cabruêra, Burro Morto e Orijah. "Mergulho Em La Herradura" é o primeiro single do novo EP dele, que será lançado pelo nosso selo Hominis Canidae REC e que estará em todos os streamings na nessa sexta (Faça Pre-save no seu aqui). Ouça primeiro ai e dissemina:

A linda arte de capa da nossa mixtape foi feita pela artista paraibana Natália Damião. Além de ilustrar muito, a Natália é uma zineira de mão cheia. Vale conhecer o Zine dela clicando aqui. Ela falou um pouco sobre a ideia pra arte: "O espaço construído de uma casa/apartamento vai além da ideia de proteção física. Aí também se estabelece devaneios íntimos, e como fala o filósofo Bachelard, quando nos lembramos das ‘casas’, dos ‘aposentos’, aprendemos a ‘morar’ em nós mesmos. Como desenhista, tais espaços têm me interessado, como forma de representação". Vale ver outras artes maravilhosas e acompanhar ela no instagram.

Essa mixtape não deve ser comercializada, apenas disseminada o máximo possivel na internet! Se quiserem criar playlists nos streamings/ youtube da vida, caso estejam todas a faixas, manda pra gente que a gente dissemina! A coleta serve como um resumo do que rolou no blog esse mês e também é mais uma maneira de conhecer e sacar os novos sons feitos no Brasil, nesse momento tão complexo de nossa existência. O país tá pegando fogo, se você puder ficar em casa, tente fazer isso ao máximo!

Continue ouvindo música brasileira, apoiando os artistas e sobrevivendo!
Tags:  , , , , , , , , , , , , ,          

terça-feira, 30 de março de 2021

Coletânea #30DIAS30BEATS - Mvmnt Vol.1 (2021)...




"Mvmnt Vol.1" é o primeiro lançamento do selo/ projeto 30DB, da galera do projeto #30dias30beats, que envolve diversas pessoas e beatmakers do país produzindo beats ao longo do mes de Abril nos seus perfis no instagram e outras redes. O projeto existe a três anos e agora lança um selo/ coletânea com diversos artistas que criaram beats no periodo do projeto...

Tags:  , , , , , , , ,          

Gaspar Z'Africa - Hip Hop Caboclo (2021)...




MC Gaspar Z'Africa. Um dos pioneiros da cultura Hip-Hop em São Paulo realizou viagens de pesquisa pelo norte e nordeste em busca das batidas brasileiras e produz disco inédito de rap embebido aos ritmos de matrizes africanas e indígenas do país. Dirigido por João Nascimento, o álbum “Hip-Hop Caboclo”, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, apresenta ao público uma viagem musical que atravessa fronteiras territoriais, estéticas e sonoras da cultura popular brasileira em consonância com o universo do Hip-Hop, uma pesquisa fundamentada na pluralidade dos ritmos brasileiros de matrizes africanas e indígenas, nas métricas e poéticas dos cantadores das culturas populares, nas síncopas percussivas dos tambores, nas ladainhas e nas estórias contadas pelos mestres e mestras das regiões norte e nordeste do Brasil. “Saímos em busca das batidas brasileiras e chegamos em outras periferias, percebemos que alguns elementos da cultura Hip-Hop que conhecemos em São Paulo, também estão presentesde maneira semelhante em outras diversas manifestações populares que encontramos nas regiões norte e nordeste do Brasil”, conta Gaspar ao percorrer milhares de quilômetros em terras distantes do extremo sul de São Paulo, local onde mora e idealizou o grupo Z’África Brasil no início da década de 90.... Leia mais no Jornalista Livres

Tags:  , , ,          

segunda-feira, 29 de março de 2021

Surt - Inside (2021)...




 banda de rock recifense, Surt, acaba de lançar seu novo EP intitulado "Inside" em todas as plataformas de streaming pelo selo latino americano Electric Funeral Records.O novo trabalho é um manifesto que aborda temas e inquietações relacionados a um desejo de liberdade, de quebra das amarras sociais e também a ânsia de expressar sentimentos e pensamentos destemidamente. O single “Insecure”, lançado em Novembro de 2020, traz na letra o relato de uma experiência de “gaslighting”, termo em inglês utilizado para designar uma forma de abuso psicológico sofrido por mulheres, no qual o homem distorce, omite ou cria informações, fazendo com que a mulher duvide de si mesma, de seus sentimentos, da sua capacidade e às vezes até da sua sanidade... Continue Lendo no Stay Rock Brazil

Tags:  , , , , ,          

Primavera Blue - Antídoto (2019)...




Primavera Blue é uma banda paraibana, formada durante a primavera de 2018, com forte influência do pós punk. Formada por músicos oriundos de grupos com estilos distintos o que, a princípio, poderia ser uma junção complexa, se transbordou em sinergia pura e simplicidade. Integrada por Fábio Medeiros (vocal), Guilherme Fechine (guitarra), Fábio Jorge (baixo) e Hardman Sobrinho (bateria), a Primavera Blue vem se apresentando com regularidade, divulgando o EP Antídoto (2019), que está disponível em plataformas... Leia a entrevista no Zine Musical

Tags:  , , , ,          

domingo, 28 de março de 2021

Jorge Ben - Samba Esquema Novo (1963)....




A música brasileira passava por um período de transição muito forte no início dos anos 1960. Nos primeiros 40 anos do século 20, o Brasil viu a Era do Rádio nascer e fazer parte da vida das pessoas. O advento da TV nos anos 1950, ainda que em poucos lugares, começou a mudar a roda das coisas. Inegavelmente, no final daquela década, o País fervia em criatividade em diversos aspectos da sociedade, e o João Gilberto mudou o rumo das coisas quando pegou seu violão e gravou o clássico Chega de Saudade (1958). As coisas estavam mudando muito rápido para os tradicionalistas, enquanto quem criava estava a pleno vapor. Tom Jobim, Vinicius de Moraes e seus comparsas estavam de um lado com a "Garota de Ipanema", a Jovem Guarda de Roberto, Erasmo e Wanderléa do outro com "Splish Splash". O samba-canção, ritmo que embalou o Brasil por anos e anos, deu lugar a bossa nova e ao pop simples, mas de alcance incrível na nova geração. Era muita coisa acontecendo ao mesmo tempo – devia ser difícil acompanhar tudo. Mas havia um espaço a ser preenchido. Algo nem lá, nem cá. Nem bossa nova, nem rock and roll. Algo mais samba, mas nem tanto. Também não era jazz, bossa nova, samba-canção ou qualquer coisa. Aliás, era tudo isso junto. E com bastante balanço, feito para dançar. Era novo, diferente e, por isso, olhado torto por quem via de fora. Jorge Ben, antes de acrescentar um Jor ao nome artístico, era muito habilidoso no violão. Cheio de síncopes, mudanças de ritmo e uma batida dançante, ele trazia ainda mais frescor ao ritmo brasileiro... Continue lendo no Music On The Run
Tags:  , , , , ,          

sábado, 27 de março de 2021

Fernando Motta - Ensaio Pra Destruir (2021)...




Download: Ensaio Pra Destruir (2021).zip (ou vá no bandcamp acima)

Em novo trabalho, Fernando Motta valoriza o presente como forma de se preparar para um futuro próximo. Acima de tudo, entender a necessidade de destruir para se reconstruir. Além de ressaltar que essa etapa, que acontece constantemente, é difícil e valiosa. Com influências que vão do shoegaze ao dream pop, Fernando Motta lança um trabalho com riffs que chamam atenção e vocais atmosféricos. Com a variação de faixas vorazes e outras mais serenas, Motta resume através da variação sonora como o processo de ruptura é cercado de altos e baixos... Leia mais no Virgula

Tags:  , , , , , ,          

sexta-feira, 26 de março de 2021

Jadsa - Olho de Vidro (2021)...





No dia 26 de fevereiro, a cantora baiana Jadsa divulgou seu novo single “Raio de Sol”, em parceria com Ana Frango Elétrico e Kiko Dinucci. A faixa, definida por ela própria como “uma representação da tríade do samba brasileiro” (sendo respectivamente da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo), foi a primeira amostra do que estava por vir em seu disco de estreia “Olho de Vidro”, lançado nesta sexta-feira (26). A cantora conversou com a DROPS NM sobre o conceito do álbum, que foi gravado com o patrocínio da Natura Musical, suas principais referências musicais e novos projetos para 2021. “Primeiro eu fiz o projeto com a Rafaela Piccin, que é minha produtora, juntamente com o selo Balaclava, pra gravar no Red Bull Studios, e conseguimos passar. Daí, fizemos a inscrição pro Edital da Natura, para finalizar e lançar o disco, e veio a notícia que também tínhamos passado. Foi uma grande felicidade porque eu saí daqui de Salvador realmente focada em gravar um disco, formar parcerias, e para ser apoiada e apoiar o cenário conjunto. Então foi incrível passar nesses dois projetos e ter o apoio total que um cantor, compositor e artista precisa, que é um local para você desenvolver o seu trabalho, e depois essa força pro lançamento, pra você se botar no universo. Eu sou muito grata”, contou... Leia mais no Nação da Música

Tags:  , , , , , ,          

Thiago David & Heitor Dantas - Dr. Heitor (2021)...




Sabe quando você tem um amigo que admira profundamente? Pois bem, depois de anos ouvindo as canções de compositor e produtor musical baiano Heitor Dantas do selo Menos Nota, o poeta, roteirista e também compositor carioca Thiago David resolveu embarcar na aventura de homenagear o amigo gravando canções do mesmo. As versões ganharam o acompanhamento do próprio Heitor tocando violão na gravação despretensiosa do EP “Dr. Heitor” (ouça nas plataformas), com quatro faixas que acaba de ser lançado de forma independente. “Minha vontade é dividir com outros ouvidos aquilo que eu sempre tive o privilégio de escutar entre cafés e cigarros”, diz Thiago e segue: “Eu sei que essas músicas são extraordinárias”. O conceito do EP o da simplicidade, rusticidade, improvisação e imperfeição. “Fugimos o máximo de qualquer interferência de edição de som para que fosse possível passar a sensação de presença e de realidade”, diz Heitor, que produziu o EP. As faixas foram escolhidas por Thiago, dentro de suas canções preferidas da extensa carreira de compositor do amigo Heitor. O resultado é um passeio pela música popular brasileira, o samba, a bossa nova, com uma porção de lo-fi, blues e folk... Leia mais no Portal NBO

Tags:  , , , , , , , , ,          

quinta-feira, 25 de março de 2021

Coronel Seven - Ressurgir (2021)...




A Coronel Seven acaba de lançar o EP Ressurgir. A obra marca a estreia da banda mineira e reflete sobre a sociedade contemporânea enquanto aponta a importância de sonhar e aprender com as dores e os desafetos. O material conta com nuances acústicas e distorções sutis, aproximando-se do pop rock e da música alternativa. O lançamento é independente e obtém um repertório composto por quatro músicas: O Recomeço,  No Meu Tempo, Here's The Pain e Nada Será Igual, sendo que esta última conta com a participação especial do cantor Nando Dias. A produção é assinada por Tierez Oliveira, sendo que as sessões de gravação ocorreram no Rise Together Studios, em Juiz de Fora (MG)... leia mais no turbinado

Tags:  , , , ,          

Paola Kirst - Vertigem (2021)...




 A videoperformance da cantora, compositora e performer gaúcha faz parte do projeto Mistura Fina, do Theatro São Pedro Lançado nesta quinta, o primeiro álbum visual de Paola Kirst, intitulado Vertigem. O trabalho apresenta outra faceta da cantora, com novas composições e algumas releituras, além de experimentações com  sonoridades que misturam elementos orgânicos com eletrônicos. O álbum está disponível no YouTube e nas plataformas de streaming de áudio. Sentimentos de fúria e impotência serviram como a mola propulsora responsável por levar Paola até “Vertigem”, álbum visual que traz a estranheza como potência artística. Sem fazer apresentações públicas desde a deflagração da pandemia, a performance audiovisual resulta de uma “investigação estética que evidencia nossas fragilidades”. Paola explica que o trabalho foi a oportunidade encontrada para “unir todas essas expressões artísticas e ainda incentivar a potência criativa do coletivo da Pedra Redonda”. São referências para “Vertigem” o vídeo-álbum “Petróleo”, de Paula Mirhan, o álbum “Open Your Mouth”, de Maria João e OGRE Electric, e o filme “Rabbits”, de David Lynch... Leia mais no Boomerang Music

Tags:  , , , , , ,          

quarta-feira, 24 de março de 2021

MC Draak - Roda Gigante (2021)...




Quem lembra quando o Portal KondZilla trocou um papo com o MC Draak, o artista pernambucano que vinha se destacando na mistura do brega com o trap? Depois de passear por vários ritmos musicais, o músico se firmou no trap e lançou o EP “Roda Gigante”, usando do trap para falar sobre os altos e baixos da vida. Se liga: Anderson Sadrak Nascimento da Silva, 23 anos, mais conhecido na cena como MC Draak, se lançou no brega funk em 2016, depois de ter passeado por um tempo no pop. Dois anos depois, ele estourou com “Senta Malvada”, feat com o MC Jeffinho e o produtor Marley no Beat, um dos gigantes que ajudaram a popularizar a batida do brega funk... Leia mais no Portal KondZilla

Tags:  , , , ,          

Metá Metá - Igbá (2020)...




Chega ao mercado uma coletânea do Metá Metá em vinil. Com músicas que vão desde seus primeiros registros, o LP reúne diversos momentos dos 12 anos de carreira do grupo. O disco traz faixas dos três EPs virtuais lançados pelo trio, interpretações da obra de Jards Macalé e Capiba e gravações extras de Gira, trilha sonora feita para a companhia de teatro Grupo Corpo em 2017. Igbá é palavra do Iorubá que designa a cabaça que contém os objetos de culto e adoração a um Orixá. Muito utilizado nos assentamentos sagrados, o objeto também é uma vasilha com diversas utilidades. Banda formada em 2008, Metá Metá significa no mesmo idioma africano a ideia de “Três em um”. Não à toa, a expressão batiza o trio composto por Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França. Com três álbuns de estúdio lançados, todos em LP, o grupo passeia por influências da música afro-brasileira e do jazz; e explora sonoridades experimentais através de seus arranjos... Leia mais no Disconversa

Tags:  , , , , , , , ,          

terça-feira, 23 de março de 2021

Mar di Fuego - Mar di Fuego Vol. 3 (2021)...




O duo Maria Ferraz e Amaro Mann, Mar Di Fuego, já tinha passado por aqui quando batemos um papo com Maria para saber como funcionou o processo de feitura da série de EPs do projeto. O plano era lançar registros em série, que começaram a ser gestados em 2017 com Maria escrevendo as letras e posteriormente em 2019, mostrando a Amaro para torná-las obras musicais. Findou que a pandemia afetou os planos de lançamento para 2020 e a dupla decidiu transformar a obra em uma trilogia de EPs, da qual Mar Di Fuego Vol. 3 é o encerramento. Assim como os dois discos anteriores, o EP tem três músicas e nesse a dupla conta com a participação de Daniel Jesi, creditado como Big Jesi, músico e produtor paraibano e Laiz de Oya, na música “Iansa”... Leia mais na Revista O Inimigo

Tags:  , , , , , ,          

Young Lights - Somewhere Between Here and Now (2021)...





Young Lights é uma banda brasileira/ mineira de indie rock e folk criada em 2013 e conhecida por suas músicas intensas e ao mesmo tempo climáticas. Somewhere Between Here and Now é o terceiro álbum da banda, lançado em 2021...

 

Tags:  , , , ,          

segunda-feira, 22 de março de 2021

FBC & Vhoor - Outro Rolê (2021)...





“Mano, eu sou DV e sempre vou ser” é a afirmação que FBC faz em “Levar a Sério”, segunda faixa do seu mais novo trabalho de estúdio, o EP Outro Rolê (2021). Logo após aparecer para o público nacional acompanhando seus conterrâneos de Belo Horizonte no instinto coletivo DV Tribo, o MC lançou o elogiado S.C.A. (Sexo, Cocaína e Assassinatos) (2018) – seu disco de estreia –, que veio com ostensiva e irreverente campanha de divulgação pela web, capitaneada pelo próprio MC. A sensação agora é de que FBC, como o próprio título do álbum indica, está buscando outro rolê – um mais afastado da internet e que resgata a rispidez característica dos tempos de DV Tribo. Outro Rolê pode ser encarado como prelúdio de União da Força e da Fé, álbum que FBC já vem antecipando nas redes sociais. O conceito, apoiado pela sigla “UFFÉ”, usada muitas vezes como ad-lib, guia o EP e se traduz musicalmente pela impecável produção de VHOOR – permeada por percussões marcantes. A densidade obscura do Drill é responsável por trazer a força, e a fé é transposta a partir da ambivalência dos atabaques, instrumentos tanto de cantigas de candomblé e umbanda quanto de Funk (em especial Atabacada e Tambor 1990, os quais, basicamente, aceleram o ritmo das religiões afro-brasileiras)... Leia a resenha na Monkeybuzz

Tags:  , , , , ,          

Bráulio Miranda - Bráulio Miranda (2021)...




Eis aqui o EP solo homônimo do músico e compositor piauiense Bráulio Miranda, que também integra a banda Bia & os Becks. São 5 faixas autorais gravadas em 2020...

Tags:  , , , ,          

domingo, 21 de março de 2021

Dona Militana - Cantares (2002)...




Eis aqui o álbum triplo da romancista potiguar Dona Militana. São 54 canções de muita história.

Não é de agora o estudo do romanceiro potiguar, Luís Câmara Cascudo, Hélio Galvão, Verissimo de Melo e Deifilo Gurgel inscrevem-se na história desta pesquisa romanceira, impulsionando-a em grandeza e extrapolando o limite nacional. Na luz do foco cascudiano, Ariano Suassuna (PE) recriou o romance O Boi da Mão de Pau, de Fabião das Queimadas (RN), que Antônio Carlos Nóbrega (PE) gravou no CD Nação Potiguar. O compositor Antônio José Madureira (RN) faria ainda a versão instrumental dos romances A Bela Infanta, Minervina e da Nau Catarineta; todos gravados pelo Quinteto Armorial. Posteriormente, já em carreira solo, Nóbrega gravaria os Romances Clara Menina e Dom Carlos de Alencar, A filha do Imperador do Brasil e comporia o Romance do Aleijadinho. É nessa perspectiva de atualização indenitária onde reside a nossa busca e prospecção compilatória da voz de Dona Militana, Romances, xácaras, Modinhas, toada de boi, coco, romarias, desafios, jornadas de chegança e fandango são cantares de D. Militana (1925- 2010 São Gonçalo do Amarante/ RN). Da infância vivida ás margens do Rio Potengi, subindo em árvores, produzindo cestaria de cipós, pescando caranguejos nos manguezais e ouvindo do pai, Seu Atanázio, histórias de folhetos de cordel. Aprendeu via tradição oral um valioso acervo poético- linguístico. São histórias de reis, princesas, condes, duques, cangaceiros, escravos, súditos, santos, coronéis, mitos, arquétipos... Leia mais aqui

Tags:  , , , ,          

sábado, 20 de março de 2021

Matheus Santiago - INI (2021)...



Download: INI (2021).zip (ou bote o mail no bandcamp acima)

 INI, que em tupi significa “rede”, é o EP no qual o cearense Matheus Santiago repousa três de suas composições. Com lançamento oficial para o 19 de março, o disco pode ser escutado antes da hora no Música Pavê. Este é seu segundo EP, depois de Votu (2017). Nele, Matheus dialoga com a herança da música popular brasileira com um tratamento contemporâneo para suas canções.... Leia mais no Música Pavê

Tags:  , , , , , ,          

sexta-feira, 19 de março de 2021

Djonga - NU (2021)...



Download: NU (2021).rar

Dia 13 de março é dia de Djonga. Como em anos anteriores, o mineiro está de volta com um novo trabalho na praça, sempre na mesma data. O rapper lançou hoje o seu novo álbum, "Nu", marcado pelas imagens fortes na divulgação. "Nu" foi disponibilizado ao meio-dia no YouTube de Djonga, somando-se aos outros aclamados trabalhos do rapper, também lançados em 13/3: Heresia (2017), "O Menino que Queria Ser Deus" (2018), "Ladrão" (2019) e "Histórias da Minha Área" (2020). Desde a manhã o rapper apareceu nos trending topics, com fãs aguardando pela liberação das 8 faixas, que totalizam 30 minutos de som - sempre ao lado de Coyote Beatz. A ideia, segundo Djonga contou ao UOL, é que este sej... Ouça no Splash UOL

Tags:  , ,          

Zélia Duncan - Minha Voz Fica (2021)...




Zélia Duncan e o violonista Pedro Franco mergulham na obra e Alzira E e seus parceiros como Itamar Assumpção, arrudA, Lucina e a própria Zélia. O álbum celebra os 10 anos da gravadora Joia Moderna...

Tags:  , , ,          

quinta-feira, 18 de março de 2021

Miãm - Na fila da cabeça antes de nascer (2020)...




Marcando a estreia de seu projeto, o compositor Cassio Sales – Miãm – lançou o EP “Na fila da cabeça antes de nascer”. O trabalho conta com 3 faixas que carregam influências da música experimental, lofi e do noise. Todos esses três ingredientes, somados a bagagem musical de Miãm dão vida ao EP, com uma energia caótica, ora viajada, ora distorcida e, em cada ponto, visceral.O EP tem início em “071727”. A faixa de quase 9 minutos tem a sua introdução insana, caminhando lentamente para distorções que fazem par com batidas ainda mais caóticas de uma bateria que vai tomando seu lugar ao sol. Mais adiante, a faixa sai do ponto de caos e entra em um momento mais introspectivo, seguido de uma batida de suspense, como se estivesse dando ao viso de que algo a mais está por vir... Leia mais no Papo Alternativo

Tags:  , , , , , , ,          

Fábio Cardelli - Os Olhos da Palavra (2021)...




Celebrando cinco anos do lançamento do álbum de estreia A Palavra dos Olhos (2015), Fábio Cardelli lança o EP “Os Olhos da Palavra”, com B-Sides e material inédito extraído das sessões de estúdio do disco. Com três músicas, o compacto traz como temática principal o desejo. Neste novo trabalho, instrumentos como lap steel, vassourinha e theremin de luz se unem ao tradicional baixo, guitarra e bateria, contribuindo para a diversidade de timbres do EP. “As três músicas têm o tema central do desejo, em suas várias formas (desejo de sucesso, desejo carnal, desejo de felicidade). Refletia muito o desejo que eu tinha de encontrar uma identidade própria na música, e de certa forma também reflete esse desejo represado de um novo mundo, que estamos passando nesse momento de pandemia.”, revela Fábio Cardelli. Ainda de acordo com o músico, as três faixas contam com influências de cantores solo como Elvis Costello, Neil Young, Beck e Frank Black, que ouvia na época da gravação...Leia mais no rock gaucho

Tags:  , , , ,          

quarta-feira, 17 de março de 2021

Anderson Quevedo - Anderson Quevedo Trio (2021)...




Com uma sonoridade crua e despida de adornos, onde o groove e a cumplicidade entre os instrumentistas são elementos de destaque, o trio liderado pelo saxofonista Anderson Quevedo, ao lado de Daniel Amorin (contrabaixo acústico) e Pedro Henning (bateria), convida o ouvinte a uma autêntica aventura sonora. As composições, todas elas da caneta de Quevedo, buscam inspiração nas artes urbanas e flertam com uma grande variedade de estilos, do free jazz à música de concerto...

Tags:  , , ,          

Pabllo Vittar - 1111 Deluxe (2020)...

 




Chegou ao público na noite dessa quinta-feira, através de diversas plataformas digitais, o aguardado lançamento de Pabllo Vittar, a versão deluxe do álbum “111”. Assim como havíamos contado aqui na NM, esse material conta com onze canções ao todo, sendo que nove são remixes e as outras duas se tratam de músicas inéditas. As novas são intituladas “Eu Vou” e “Bandida”, que traz uma colaboração com a cantora e compositora Pocah... Leia mais no BR Nação da Música

Tags:  , , , , ,