domingo, 30 de junho de 2019

Hominis Canidae #109 - Junho (2019)...




Chegamos no fim de mais um mês, desta vez junho de 2019 que nós deixa, porém este fim de mês é diferente dos outros. Neste dia 30 de junho, só que no ano de 2009, postávamos 2 trabalhos da banda Calistoga e começávamos a nossa história, que hoje chega a 10 anos!

De lá pra cá, já são mais de 6.400 posts, com mais de 110 coletâneas, mais de 600 bootlegs ( mais da metade deles gringos), quase mil artistas ou bandas nacionais postados de diversos estilos e todos os estados do Brasil. São mais de 4 milhões 850 mil visualizações de acordo com o blogger. Vocês nunca vão adivinhar qual o post com mais views na história do blog, porque é de um band de Curitiba que a gente nem conheceria se não usasse o search do bandcamp. Pessoas de quase 40 países do mundo já visitaram o bloguinho, sendo que o top 10 atual começa com Brasil e termina com a Noruega, passando por Rússia, China, EUA e vários da Europa. Já mudamos de header/ Layout 4 vezes e vamos pra nossa quinta ID, acredito que cerca de 10 pessoas já postaram no blog ao longo deste tempo, mas a maioria destes 10 anos fomos 3 postando com mais frequência. Eu, o carioca Thiago R e o paulista Paulo Marcondes. São mais de 100 artistas que já fizeram arte pras nossas coletas, eventos, fests, etc. Gente que a gente era fã, gente que não conhecíamos e hoje somos fãs. Vários amigos, já rodamos todos os festivais do nordeste, rolês em SP, Belo Horizonte, vários outros locais.

Mas tudo isso são números e estatísticas importantes, mas que não passam disso. O mais importante é a diferença que o compartilhamento de músicas pode trazer na vida das pessoas. Ontem ouvi o Vitor Brauer dizer num show que fizemos dele aqui em Teresina, que o Hominis foi o canal mais importante pro começo da carreira e da história musical dele. E no fim, o que fica é isso, a mudança que nos podemos fazer na vida uns dos outros enquanto redes conectados pelo mundo modernoso da internet. Por isso, agradecemos todo mundo, não apenas aos artistas, mas todo mundo que faz jornalismo cultural, que organiza seus rolês, que mantém espaços de interação aberto em qualquer esquina do Brasil e que dissemina sons que conheceram através da gente ou de terceiros. Agradecemos todo mundo que já trocou ideia com a gente por mail, nossas diversas redes, ao vivo. Ás vezes, a gente não deixa claro a importância que vocês tem nessa história!

Falando da nossa mixtape de Junho, ela é uma das mais estranhas porque tem pouquíssimo rock (ou coisas parecidas). Mas é um baita resumo do que rolou no blog esse mês, com uma mistura louca de ritmos e ideias (Sacai o Setlist). O single inédito que fecha a nossa coleta, é uma faixa nunca antes lançada da banda paulistana BIKE. Sunshine Delirium foi feita para o álbum "Em Busca da Viagem Eterna" de 2017, mas acabou ficando de fora e esquecida até encontrar o seu lugar na nossa coletânea. E que sonzeira meus amigos, isso só prova a qualidade da Bike e nós deixa com a pergunta: o que a banda ainda tem escondido por ai?! Ouça a linda e psicodélica faixa abaixo...



A capa da nossa mix é brisa da mente da jornalista, baterista, filha do pinduca e mãe da bb mais trevosa que existe, a carioca Jéssica Fulganio, conhecida pelo seu trampo quando tocava na Ema Stoned e  Dolphins on Drugs. Jéssica também é parte da nossa história e ficamos muito feliz pelo fato dela ter usado foto arte como capa. A brisa foi umas fotografias antigas que ela fez de um origami de unicórnio anos atrás. Ela tem uns trampos de designer interessante que podem ser acompanhados no carbonade dela (aconselhamos muito). Ela também é muito ativa e superdivertida no instagram (segue ela lá).

Acho que é isso, tá muito longo, ninguém vai lê!

Continue indo aos shows, comprando merch das bandas e ouvindo música brasileira!
Tags:  , , , , , , , , , , , , ,          

2 comentários: