domingo, 31 de agosto de 2014

Hominis Canidae #51 - Agosto (2014)...




Chegamos no final de Agosto, mais um mês se encerra e logo mais vocês vão começar a ver propaganda de Natal. Quem sabe a nossa mixtape 51, com destaques deste mês que finda, não seja um bom presente?! Nesta coletânea, mais uma vez, vários lançamentos do ano e de diversos estilos e lugares deste BRASIL enorme (Sacai o Setllist). A faixa inédita que fecha coletânea veio do Rio de Janeiro, foi lançada tem uma semana e traz o rap eletrônico do Kiwi Qualquer. A faixa parece ser uma homenagem a alguém chamada “Felicia” e traz várias colagens de alguns clássicos no beat da música e com uma boa letra. Ouça ai...


A excelente arte que desta coleta foi feita pelo artista paraibano Thiago Trapo. Questionamos o camarada pra saber o que ele queria passar com a arte e ele respondeu: “Há mais de dois anos desenvolvo uma pesquisa de trabalho na área do sagrado feminino e na crítica feminista, tendo o feminino como o arcabouço místico no universo, aquilo que subsidia a possibilidade de existência material dando forma a todas as coisas sejam elas macho ou fêmea, essa coisa anterior seria o feminino gerando todas as subdivisões do Ser (ingênito imperecível) em qualquer estado de sua manifestação. Me apodero do conceito de hibridismo cultural pra construir uma ideia de misticismo, na linguagem de cultura POP iconoclasta. As referências plásticas do traço vem do cinema de Alejandro Jodorowsky, da POP ART do Andy Warhol, das fotografias do Neil Krug, das digital art do Leif Podhajský e ultimamente tenho me debruçado sobre os trabalhos de uma mina que se autodenomina Serpentfire. O trabalho em questão se inspira esteticamente no filme El Topo, do Jodorowsky, recriando uma espécie de amazona que agora doma não cavalos, mas hienas; a mulher sobre o dorso de um animal, parecido com um cão ou lobo, mas que faz parte, na verdade, da família Hyaenidae, que tem sua sociedade comandada pela fêmea, o que é pouco comum nos mamíferos, cria a metáfora da liberdade e independência intrínseca a mulher no universo que há muito tem sido caçada. No caso do trabalho, quem caça é ela de olhos vendados, censurados. Valeu pelo convite, fico muito feliz em poder colaborar com vcs, bicho. Valeu demais!” Ficou bem bacana a arte né?! Nós é que agradecemos Thiago, para conhecer outros trabalhos do camarada, clique AQUI

Vocês já sabem, mas não custa nada avisar que esta coletânea não deve ser vendida, apenas disponibilizada livremente na internet (mande pros seus amigos e inimigos), nossa intenção aqui é divulgar um pouco do que rolou no mês de Agosto no blog, para quem nos acompanha e pode ter perdido alguma coisa, além de divulgar mais a música nacional. Anime seus passeios de bicicleta, de ônibus ou as suas festinhas com música boa! Caso queira nos convidar para a festa ou para discotecar, estamos ai também. O lance é celebrar a vida! 

Continue Indo aos Shows, ouvindo música e comprando o material das bandas!

sábado, 30 de agosto de 2014

Jovem Palerosi - Mouseen EP (2014)...




Jovem Palerosi é músico, dj e produtor musical, com experiência em bandas, projetos audiovisuais, instalações, performances e trilhas sonoras. Já circulou com seus projetos por diversas regiões do país, pela Argentina e Inglaterra. Mouseen é seu novo trabalho, um álbum com base em samples que surge à partir de remixes e colaborações com diversos parceiros...

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Eddie - Metropolitano (2006)...





Há quase 25 anos fervendo seu caldeirão sonoro de punk rock, surf music, reggae, frevo e samba, a Eddie com seu balanço particularíssimo vem fundindo ritmos, criando novas ambiências e quebrando os paradigmas. Música orgânica, que não segue padrões de exatidão, a banda pernambucana olindense é uma legítima representante da música popular urbana que se faz hoje no Brasil. Seguindo na estrada com Fábio Trummer (guitarra & voz), Urêa (percussão & voz), Andret (trompetes, teclados & samplers), Kiko (bateria) e Rob (baixo), a sonoridade cada vez mais original da Eddie pode ser conferida em seus cinco registros, sempre feitos em comunhão com parceiros-produtores de toda vida. Eis aqui o terceiro disco, Metropolitano, que traz treze faixas e conta com participações de artistas como o maestro Ademir Araújo, Erasto Vasconcelos, João do Cello, Karina Falcão e de integrantes da banda Bonsucesso Samba Clube. O repertório traz canções mais recentes como Danada, Vida Boa, Maranguape, composta e gravada por Erasto Vasconcelos em trabalho solo, a canções mais antigas, dos primeiros álbuns do grupo. O novo trabalho é um passeio pelas canções do universo da região metropolitana de Recife...

Pousatigres - Mais um Pedaço do Meu (2014)




Criada em 2011, a banda é formada por Rodrigo Palmieri (ex-Drosóphila), nas guitarras e vocais; Bruna Mariani (da banda Condessa Safira) nos vocais e violão, Jobas Monteiro (ex- Kafka Show) na bateria e Elaine Jardim (parceira de Palmieri já nos tempos de Drosóphila) na guitarra. No final de 2013, Lucas Mello juntou-se à banda, assumindo o baixo no lugar de Elke Lamers. A sonoridade da banda passa por diversos estilos, desde a sensibilidade do Fleetwood Mac, o pop nada óbvio do Cardigans e as guitarras distorcidas de bandas como Smashing Pumpkins, por exemplo.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Lizandra - Lizandra EP (2014)...




Natural de Guimarânia, e radicada em Patos de Minas, Lizandra se apresenta frequentemente em bares e em festivais da região. Além de fazer interpretações, a jovem cantora de 21 anos acaba de finalizar seu primeiro trabalho autoral. O EP, gravado no estúdio DaumRec em Patos de Minas, e produzido por Alan Delay, conta com 5 músicas compostas por ela. As faixas carregam a essência da sua musicalidade: a música popular brasileira, entrelaçando raízes e sonoridades mais contemporâneas. Tudo isso aliado às melodias, que passeiam sempre por acordes intuitivos e dedilhados sutis. Suas letras têm um tom confessional e um viés poético que dão forma a sentimentos e a questionamentos existenciais...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DEDO - Ao Vivo Quintavant Audio Rebel (2013)...




Audio do show da DEDO gravado em Tascam DR-100, na Quintavant realizado na Audio Rebel em 06-06-2013. Botafogo, Rio de Janeiro....

tUnE-yArDs - Ao Vivo - Glastonbury Festival (2014)




tUnE-yArDs é o projeto musical de Merrill Garbus, cantora da Nova Inglaterra que faz um som super moderno usando apenas um gravador digital de mão, uns tambores e um ukulele, produzindo tudo isso com um software de mixagem.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Giancarlo Rufatto - Cancioneiro (2014)...





Por Giancarlo Rufatto: Quando comecei reunir canções para este disco escolhi as que tivessem personagens de carne e osso e, se possível, arranjos um pouco mais decentes do que nos discos que já gravei. A maioria das letras destas músicas foram rascunhadas nos últimos cinco anos. Algumas histórias vieram de coisas que via no caminho do trabalho e viravam frases soltas no Twitter antes de irem para as canções. No começo de 2013 minha filha tinha acabado de nascer e a melhor coisa a se fazer era pisar no freio só um pouquinho e respirar. Creio que isso aconteça a todos os sujeitos que se tornam pais (ou pelo menos com aqueles que romanceiam a própria vida) e caem numa espiral de lembranças da própria infância, talvez atrás de referências sobre como é ser pai. Enfim, só voltei pensar em escrever um novo disco no natal, quando decidimos mudar de cidade, dar um “até logo” à Curitiba e um olá à São Bernardo e São Paulo. Entre o natal e o ano novo surgiram as primeiras canções vindas das sessões da nostalgia - “Enseada” e “Alfredo”, divulgadas no começo de 2014 e que deram um norte pra este álbum. Resgatei três canções que não combinaram com trabalhos anteriores. “Ele”, do Ep lançado pelo site Scream& Yell numa brincadeira com Record store day; “dance, dance, dance”, uma canção “tipo bruce springsteen” que ficou na gaveta por uns bons 5 anos e “luzes da páscoa”, escrita em 2010 que havia ficado de fora do álbum “Machismo” e acabou integrando o set list dos shows da finada Hotel Avenida. Após todos esses anos brincando de ser um artista prolixo fez bem ficar um tempo sem tocar violão. Este álbum é totalmente influenciado pela experiência de gravar enquanto um bebê dorme no quarto ao lado, você acaba procurando usar o máximo de instrumentos que possam ser gravados no “mute”. Moral da história: o principal instrumento de trabalho foi um Ipad, Todos os teclados e ruídos saíram dele o que modificou a sonoridade deste disco, me mandou pra longe do folk. O legal de ser um “artista solo” que ninguém conhece é que você não precisa ser fiel à um estilo. O lado ruim é que não dá pra usar uma camiseta com o seu nome escrito nela. Minha única duvida sobre este álbum era sobre como chamar este novo registro, “Cancioneiro” ou “Gospel”? Se você está ouvindo este disco talvez saiba que um dos meus trabalhos anteriores se chama “Machismo” e então, morria de medo de ser mal compreendido por chamar um disco de “gospel” e cair num nicho que costuma não entender piadas. Mas eu queria que este trabalho tivesse uma sombra religiosa, mas no sentido esperançoso da coisa. Então, não é por acaso que este disco com uma canção dizendo que o mundo não é bom e fecha com outra dizendo que mesmo assim é preciso ser...

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

M.Takara - MundoTigre (2014)





O projeto Mundotigre é apenas mais um chapéu entre tantos outros que Maurício Takara tem a sua disposição. Do Hurtmold, não é preciso dizer mais nada; a ampla discografia da banda é consistente e aclamada em iguais medidas. Dos seus inúmeros outros projetos, retira-se a sensação de que Maurício é uma pessoa motivada por uma busca constante, caracterizada pela exploração de diferentes processos. Cada chapéu, uma nova forma de fazer música. O Mundotigre já teve registros e circulou como um set de eletrônica ao vivo improvisada, mas nenhuma apresentação ou gravação teve tanta contundência quanto o disco homônimo lançado pela Desmonta. Nessa coleção de 9 faixas, Takara condensa todas as suas experiências em ideias sonoras completas; são canções eletrônicas, que nascem, crescem e minguam com extrema desenvoltura, tanto no quesito composição quanto em timbragem... Leia Mais

Valley - Awesominess (2009)



Download: Awesominess.zip

Eu procurei na interent sobre a banda Valley e não encontrei nada. Talvez seja o Google e sua política de achar que sabe o que eu estou buscando, mas de qualquer maneira, o som é legal.

domingo, 24 de agosto de 2014